Furacão está no nível três, com ventos de até 185 km/h

Destruição provocada pelo furacão Dorian nas Bahamas – Foto: EPA

A passagem do furacão Dorian pelas Bahamas, no Caribe, deixou pelo menos 20 pessoas mortas, de acordo com novo balanço divulgado nesta quinta-feira (5).

O número, no entanto, ainda deve subir, já que há dezenas de desaparecidos e muitas áreas que permanecem submersas ou tomadas por escombros.

O furacão, que atingiu as Bahamas com ventos de mais de 280 quilômetros por hora, na categoria cinco (o topo da escala), é o mais forte já registrado pelo país em sua história moderna.

Rebaixado para o nível dois na última quarta (4), Dorian voltou a ganhar força nesta quinta e subiu para a categoria três, enquanto se encaminha para a costa sudeste dos Estados Unidos. O fenômeno deve provocar inundações e tempestades em estados como Geórgia, Virgínia e Carolina do Sul.

Nos condados de Charleston e Beaufort, na Carolina do Sul, cerca de 100 mil pessoas estão sem energia. O furacão viaja atualmente com ventos de até 185 quilômetros por hora. O governo da Carolina do Sul já ordenou a evacuação de 830 mil pessoas de áreas litorâneas.

Da AnsaFlash