Divulgada marca da etapa Centro-Oeste dos Jogos dos Institutos Federais

No intuito de regionalizar a marca da etapa Centro-Oeste dos Jogos dos Institutos Federais (JIF-CO), o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) buscou inspiração na etnia indígena kadiwéu para representar a competição, que será sediada pela primeira vez pela instituição entre 6 e 10 de setembro, em Campo Grande.

A marca, divulgada nesta terça-feira, 25, foi concebida pela equipe da Assessoria de Comunicação Social (Ascom) e desenvolvida pelo programador visual do IFMS, Murilo Delmondes, que explica como foi o processo de criação da peça.

“Pensamos nos kadiwéu, presentes em nosso Estado, que utilizam em sua cerâmica uma estética com motivos geométricos muito característica, e são conhecidos como grandes guerreiros. Há um aspecto físico muito forte que relacionamos com a prática esportiva, por isso valorizamos essa etnia na marca dos Jogos”, disse.

O pró-reitor de Extensão do IFMS, Airton Vinholi, também destaca a importância da questão cultural na elaboração da marca.

“É importante trazer esta representatividade cultural num Estado como o nosso, é uma valorização da cultura local. Os Jogos não são só uma competição, tem toda uma questão educativa, promove integração entre os estudantes e com as instituições, é um aporte cultural muito rico”, apontou o pró-reitor.

A competição reúne anualmente representantes dos institutos federais localizados na região. São esperados na capital sul-mato-grossense cerca de 500 atletas do IFMS e dos institutos federais de Mato Grosso (IFMT), Goiano (IFGoiano), de Goiás (IFG) e de Brasília (IFB).

JIF-CO

Os atletas competirão em 11 modalidades: basquete, futebol, futsal, handebol, vôlei, vôlei de praia, xadrez, atletismo, judô, natação e tênis de mesa.

A programação completa e os locais de disputa ainda estão sendo definidos. O público poderá acompanhar gratuitamente a competição.

“Com a oportunidade de sediar a etapa regional, esperamos mostrar o IFMS para a sociedade e demonstrar que valorizamos também o esporte e a cultura em nossa instituição”, ressaltou Airton.

Pela primeira vez, o evento é organizado pelo IFMS, sob a responsabilidade conjunta da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e do Campus Campo Grande.

“Vejo um grande esforço do IFMS em realizar o evento em um momento tão difícil em que o país está. Estamos organizando da melhor forma possível e muito felizes em receber colegas de outros estados”, afirmou o professor de Educação Física do Campus Campo Grande, Fabricio Ravagnani, membro da comissão organizadora do evento.

Ele ressalta, ainda, a importância do esporte para a formação dos estudantes.

“Entendemos o esporte não como alto rendimento, mas como ferramenta educacional. Reunir pessoas de outros estados é um fator agregador importante para fazer essa interação entre os diferentes institutos e conversar sobre as realidades locais”, finalizou o professor.

Os participantes desta etapa regional disputarão a classificação para a fase nacional dos JIFs que, neste ano, será promovida pelo Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSuldeMinas), em outubro, na cidade de Poços de Caldas (MG).

2016

No ano passado, o JIC-CO foi realizado em Cuiabá (MT), em setembro. No total, o IFMS recebeu 58 medalhas, sendo 31 de ouro, 10 de prata e 17 de bronze. A instituição participou da competição com 93 estudantes.

Já a delegação da instituição na etapa nacional, realizada no mês de outubro em Brasília (DF), foi composta por 24 estudantes dos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Ponta Porã e Três Lagoas. A equipe sul-mato-grossense competiu nas modalidades de atletismo, judô, natação, tênis de mesa e vôlei de praia.