Direção da Federação Brasileira de Hospitais emite Nota Pública sobre o bloqueio dos caminhoneiros

Aramicy Pinto, Presidente da Federação Brasileira de Hospitais – Divulgação

Em razão dos bloqueios dos caminhoneiros em todo o País, provocando a falta de abastecimento de insumos aos hospitais, a direção da Federação Brasileira de Hospitais emitiu nesta terça-feira, 29, uma Nota.

Veja a íntegra:

A direção da Federação Brasileira de Hospitais – FBH, aliada às suas dezesseis Associadas regionais, vem a público repudiar o bloqueio do transporte e do acesso de medicamentos, equipamentos e outros insumos aos hospitais e clínicas.

Entendemos, e apoiamos, os movimentos organizados que reivindicam diminuição da alta carga tributária que incide sobre serviços e melhores condições de trabalho e remuneração. Até porque uma grande luta da FBH é por uma reforma tributária que diminua e simplifique os encargos fiscais absurdos que pesam sobre qualquer setor produtivo nesse país, especialmente o da saúde.

Clamamos por sensibilidade e bom senso do Governo Federal – Presidência, Casa Civil, Ministério da Segurança, e das lideranças do movimento de paralisação dos caminhoneiros, para que promovam urgentemente a desobstrução do tráfego de estradas e vias para que os veículos que transportam suprimentos hospitalares possam trafegar livremente. A falta de suprimentos nos hospitais pode redundar em questões de vida ou morte para os cidadãos brasileiros usuários do sistema de saúde.

Assina a nota Aramicy Pinto – Presidente da Federação Brasileira de Hospitais – FBH