O técnico Abel Braga e os jogadores do Flamengo não contavam com a derrota de 1 a 0 para o Peñarol na noite de quarta-feira, no Maracanã. Isso porque o resultado compromete bastante a sequência do Rubro-Negro na temporada. A expectativa era de que a esta altura o time teria nove pontos, na liderança de seu grupo na Copa Libertadores, com cem por cento de aproveitamento e a vaga nas oitavas de final praticamente assegurada.

Com seis pontos conquistados no Grupo D, o Flamengo tem a mesma pontuação do Peñarol, mas viu os uruguaios assumirem a liderança pelos critérios de desempate. Além disso, contam agora com a aproximação da Liga Deportiva Universitaria, a LDU do Equador, com quatro pontos. Caso tivesse vencido este jogo, o técnico Abel Braga provavelmente pouparia os titulares no meio da próxima semana, quando o Flamengo recebe, no Maracanã, o lanterna San José da Bolívia, que tem um ponto.

O tropeço na Libertadores compromete a situação no Campeonato Carioca. No sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã, tem semifinal contra o Fluminense e será um risco utilizar os reservas. Agora o treinador terá que escolher entre desgastar os titulares em uma sequência ou comprometer a sorte em uma das competições.

“Vamos para o jogo contra o Fluminense, que também jogou na quarta, sem treinar. Ainda é cedo para falar qualquer coisa”, disse Abel.

Os jogadores, por sua vez, tentam afastar o clima de pressão.

“O nosso objetivo era estar mais tranquilo agora na Copa Libertadores. Infelizmente perdemos uma chance boa de disparar, mas temos jogos pela frente temos que voltar a vencer. Temos que pensar agora nos próximos desafios, pois não podemos mais mudar o que aconteceu”, analisou o meia Éverton Ribeiro.

Quem tem escalação assegurada contra o Fluminense é o atacante Gabigol, que não vai poder enfrentar o San José na próxima semana por ter sido expulso contra o Peñarol. O jogador recebeu o cartão vermelho no segundo tempo por uma entrada violenta no rival.

O elenco, que participou de um regenerativo nesta quinta-feira, volta a trabalhar na tarde desta sexta-feira, quando Abel Braga vai definir a escalação que pega o Fluminense. Logo depois começa o período de concentração para o clássico.

Da Gazeta Esportiva