Sistema de gestão operacional respalda e agiliza o trabalho dos agentes da Guarda Municipal de Dourados – Divulgação

Com a finalidade de gerenciar as operações da Guarda Municipal de Dourados, montando guarnições, viaturas, agentes e postos base, o Departamento de Tecnologia da Informação da Prefeitura desenvolveu um sistema de gestão, que permite, de qualquer computador, tablet ou celular com acesso à internet, que os agentes autorizados e registrados possam acessar.

Conforme Rafael Koller, diretor do Departamento de Tecnologia da Informação, o Sigoe (Sistema Integrado de Gestão Operacional Eletrônica) foi desenvolvido em uma das tecnologias mais atuais do mercado e está hospedado no data-center da prefeitura. “Por esse sistema, as guarnições são monitoradas pelo painel de guarnição, onde os agentes têm visão ampla das atividades realizadas, lançando deslocamentos, registrando quilometragem e pontos de checagem”, explica.

Chamadas e denúncias também podem ser registradas, dando assim uma visão ampla para os agentes da Cecom (Central de Comunicações), acionarem a viatura mais próxima.

Os abastecimentos também são lançados a fim de controle de consumo de combustível gerando relatórios de onde e quando as viaturas foram abastecidas, quilometragem, litros e valores.

De acordo com o analista Robson Sorrilha, que desenvolveu o projeto, vários outros relatórios podem ser emitidos gerando estatística, como, por exemplo, quais os locais com maior índice de chamadas, as rondas nos patrimônios (Ceims, escolas, postos de saúde, Cras, etc.) e vários outros que permitem ações estratégicas de segurança.

São lançados também os Boletins de Ocorrências (B.O.) e os Boletins de Atendimentos (B.A.), onde os agentes da guarnição cadastram as informações pertinentes de uma determinada ocorrência, como vítimas, autores, testemunhas, local, natureza do crime, etc. Estes em sua maioria feitos nas delegacias.