Deputado Professor Rinaldo (PSDB) - Foto: Victor Chileno
Deputado Professor Rinaldo (PSDB) – Foto: Victor Chileno

Durante toda esta semana, o líder do Governo na Assembleia Legislativa, Deputado Professor Rinaldo (PSDB), encaminhou reivindicações ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e ao secretário de Estado de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli, para melhoria do sistema viário de vários pontos de Mato Grosso do Sul.

Para a região de Costa Rica, foi pedido o recapeamento asfáltico em toda a extensão da rodovia MS-306, na rodovia MS-223, entre o trevo com a rodovia MS-306 (Cantina) até o município de Costa Rica, bem como na rodovia MS-316, entre o trevo da cidade de Costa Rica até o entroncamento com a rodovia MS-306 (Gaúcho Pobre). Conforme ofício enviado ao deputado pela Câmara Municipal de Costa Rica, a pavimentação asfáltica que ligou a região aos estados de Goiás e Mato Grosso, elevou o fluxo de veículos, principalmente veículos pesados do transporte, gerando grande desgaste nas referidas rodovias, que estão seriamente danificadas em vários pontos.

A solicitação destinada para Bodoquena, foi pela restauração da rodovia MS-339, em torno do quilômetro 50. De acordo com informação repassada por motoristas que trafegam pela região, principalmente motoristas de ônibus e vans, a erosão é responsável pela deterioração da rodovia, e não basta uma ação paliativa, mas é necessária uma restauração completa do trecho, que elimine o problema.

Para a região da Grande Dourados, Professor Rinaldo apresentou o pedido de recapeamento da Rua Senador Filinto Müller, importante via do Distrito de Culturama, município de Fátima do Sul e pedido de pavimentação asfáltica da Vila Industrial, do município de Glória de Dourados.

Por fim, o parlamentar solicitou reforço na sinalização horizontal no trecho da rodovia MS-162, entre Sidrolândia e Maracaju, bem como na rodovia MS-164, entre o entroncamento com a rodovia BR-267 e o município de Ponta Porã. Segundo motoristas que trafegam pela região, em alguns trechos, a sinalização está desgastada, o que diminui a visibilidade, aumentando o risco de acidentes, sobretudo em dias de chuva ou neblina.

Professor Rinaldo explica que “essas reivindicações encaminhadas por nós durante a semana, são resultado de pedidos feitos por moradores e parlamentares dos respectivos locais. Como representante destas regiões, nós enviamos as solicitações ao Governo, para que esses problemas possam ser resolvidos o mais breve possível”.