Carga de cigarros seria levada até a cidade de Campo Grande – Divulgação/DEFRON

Nesta tarde desta quarta-feira, 07, policiais da DEFRON (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira) prenderam Marcos Antônio O.A., 41 anos, morador de Goiania/GO, e Jonilson de F.G., 47 anos, residente em Souza/PB, pelo crime de contrabando.

Policiais da DEFRON realizavam diligencias no município de Rio Brilhante quando na entrada da cidade, próximo a um hotel, avistaram um veículo Fiat Pálio de cor branca, placas QFW-7950, de Souza/PB, do qual estava descendo duas pessoas, o que levou a suspeita da equipe que resolveu fazer a abordagem.

Na entrevista destas pessoas, um disse ser guincheiro e acabara de ser contratado pelos outros dois ocupantes para fazer a remoção de uma carreta bi-trem que estava na proximidades. Os policiais foram até onde estava o caminhão Scania/T124, cor branca, de Chapecó/SC, e em vistoria no mesmo foi constatado que o interior do compartimento de carga do caminhão que seria guinchado estava abarrotado de caixas de cigarros totalizando aproximadamente 1.200(mil e duzentas caixas de cigarro) de origem paraguaia marca Meridian Original. A carga é avaliada em mais de R$ 1 milhão de reais.

Marcos Antonio teria sido contratado para transportar a carreta de cigarros de Dourados para Campo Grande e ganharia R$ 2.000,00 quando veio a dar problemas mecânicos no município de Rio Brilhante, e Jonilson fazia o papel de batedor da carga.

Foi dado voz de prisão para os dois pelo crime de contrabando, e conduzido os veículos apreendidos e cigarros à Delegacia de Polícia Federal em Dourados.