Definido reajuste salarial para milhares de trabalhadores da construção civil de Campo Grande

Cerca de 30 mil trabalhadores do ramo da construção civil de Campo Grande vão receber reajuste de até 3%. É o que ficou definido na negociação do Sindicato dos Trabalhadores (Sintracom) com o Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon).

O reajuste de 3% será aplicado sobre os pisos salariais. Para quem ganha acima do piso o aumento será de 2%. A data-base da categoria é o mês de março, portanto as empresas vão pagar os retroativos.

Cerca de 90% dos trabalhadores recebem até o piso salarial. Para o Sintracom, isto significa que a negociação trouxe ganho real nos salários, já que o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) ficou em 1,81% no período de um ano fechado em fevereiro.

Pelo acordo, a cesta básica passou de R$ 160,00 para R$ 170,40, reajuste de 6,5%. O desconto do vale-transporte será de 3% do salário-base.

Vários itens da atual Convenção Coletiva foram mantidos, como por exemplo, a necessidade de homologação no sindicato para o funcionário que tiver mais de 3 meses de registro. O Sintracom considera este fato mais uma vitória, porque a Reforma Trabalhista que entrou em vigor em novembro do ano passado desobriga a homologação nos sindicatos.