Cruzeiro perde para o Grêmio e pode ser rebaixado neste domingo

Grêmio venceu Cruzeiro por 2 a 0 – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O drama do Cruzeiro na zona do rebaixamento ficou ainda pior. A equipe mineira visitou o Grêmio nesta quinta-feira e perdeu por 2 a 0, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. O novo revés afundou ainda mais a Raposa, que precisará de uma combinação de resultados no domingo para evitar o rebaixamento para a Série B.

Após primeiro tempo favorável aos visitantes, os mineiros ficaram com um a menos na segunda etapa. O Tricolor aproveitou a vantagem numérica e balançou as redes com dois jovens formados no clube, Ferreira e Pepê.

Com a derrota, o Cruzeiro seguiu na Z4, com 36 pontos na 17ª colocação, dois atrás do Ceará. Como o time nordestino soma três vitórias a mais que os mineiros, a Raposa precisará vencer na última rodada e torcer para derrota dos alvinegros.

Por outro lado, o Grêmio retomou a 4ª posição da tabela, com 65 pontos, ultrapassando o Athletico-PR, que tem 63. Os gaúchos precisarão vencer o Goiás na última rodada para garantir um lugar entre os quatro melhores do campeonato.

O jogo
Aos 29 minutos o Cruzeiro teve a única grande chance do 1º tempo. Henrique fez belo lançamento longo e Ederson saiu na cara do gol. O meia tentou encobrir o goleiro, mas a bola ficou curta e Paulo Victor conseguiu se esticar para fazer a defesa e tirar para escanteio.

A segunda grande chance do jogo chegou aos 13 minutos da segunda etapa, novamente para a Raposa. Ezequiel colocou para a ultrapassagem de Egídio. O lateral rolou para trás e encontrou Robinho, que bateu de primeira. A bola foi bloqueada em carrinho de Michel. No rebote, Paulo Victor afastou.

Durante o lance, Robinho sentiu lesão e teve que sair de campo. Como Adilson Batista já havia feito as três substituições, a Raposa passou a jogar com um a menos.

Jogando com superioridade numérica, o Grêmio abriu o placar aos 21 minutos. Após jogada de Pepê na esquerda, o meia cruzou, Everton fez o corta-luz, e a bola chegou em Ferreira. O jovem atacante bateu, a bola ainda desviou em Egídio e entrou no canto esquerdo da meta.

Aos 39 minutos, o Grêmio fechou o placar com Pepê. O meio-campista saiu fazendo fila na defesa; já dentro da área, o gremista sofreu rasteira de Cacá. Pênalti. O próprio jovem foi para a cobrança e bateu firme no canto alto esquerdo, sem chances para Fábio.

Já nos acréscimos, Egídio fez falta em Ferreira, levou o segundo cartão amarelo e deixou o Cruzeiro com nove em campo.

Ficha Técnica
Grêmio 2 x 0 Cruzeiro 

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 5 de dezembro de 2019, quinta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Wagner Reway (FIFA-PB)
Cartões Amarelos: Egídio, Ariel Cabral e Edílson (Cruzeiro)
Cartões Vermelhos: Egídio (Cruzeiro)
Gols: Ferreira, aos 21 minutos do 2º tempo, e Pepê, aos 39 minutos do 2º tempo, para o Cruzeiro

GRÊMIO: Paulo Victor; Rafael Galhardo (Patrick), David Braz, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique, Michel, Everton Cebolinha e Pepê; Tardelli (Ferreira) e Luciano (Isaque).
Técnico: Renato Gaúcho

CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Cacá, Léo e EgÍdio; Henrique, Ariel Cabral (Robinho), Éderson e Orejuela (Ezequiel); David e Fred (Pedro Rocha).
Técnico: Adilson Batista

Da Gazeta Esportiva