O programa oferece preparações saudáveis de maneira que os beneficiários consigam reproduzir em casa – Divulgação

O programa de prevenção “Cozinha Experimental” realizou o último curso da edição de 2018, em Dourados, na quinta-feira (05). Tradicionalmente, o tema que encerra o ano é Ceia de Natal e Ano Novo, em que os participantes aprendem receitas saudáveis sem perder o sabor e a tradição da época. A Cozinha tem sete anos de existência e, neste ano, lançou um caderno com as melhores preparações do ano. Em Dourados, o programa de prevenção acontece no Centro de Prevenção em Saúde da Cassems, que fica na Rua Mato Grosso, 1470, entrada lateral pela Rua Onofre Pereira de Matos, no Jardim Climax. Na Capital, o curso acontece na Rua Abrão Júlio Rahe, 97. Para se inscrever, o beneficiário deve ligar no (67) 3382-8584, Campo Grande, e (67) 3033-8350, Dourados. O valor da inscrição é de R$ 30,00

A nutricionista e coordenadora da “Cozinha Experimental”, Melissa de Andrade, explica que o segredo do curso foi unir tradicionalidade, sabor e valor nutritivo, para mostrar aos beneficiários que é possível comer bem e manter os bons hábitos em saúde.

“É um prazer estar aqui para fazer o encerramento de mais de um ano de Cozinha Experimental e trazer o que já é trabalhado em Campo Grande. Então, hoje, trazemos essa ceia mais saudável, com ingredientes mais leves, mantendo a tradição de pratos natalinos e ceia de ano novo, e trazendo mais saúde, à longo prazo”.

Para a beneficiária Neuza Siena, esses programas de prevenção contribuem para as boas práticas em alimentação com a família. “Eu gosto muito de cozinhar e sempre participo de eventos como esses, pois aprendo coisas novas e pratico em casa, meus netos gostam bastante dessas receitas”.

A beneficiária Marilena Rubert explica que participa sempre que pode da “Cozinha Experimental” e o aprendizado já tem mudado a sua rotina. “Vale muito à pena participar, porque levamos a apostila para casa, as receitas são práticas e não custam caro. Eu gostaria de fazer todos os pratos na minha ceia, mas o prato que mais me chamou a atenção foi o salpicão com biomassa de banana verde”.

De acordo com o beneficiário Mieli Rodrigues, não só ele, mas toda a sua família é beneficiada com os aprendizados dos cursos. “A ‘Cozinha Experimental’ é ideal para quem procura pratos práticos e com nutrientes. Os temperos das receitas são muito bons! Gostei, especialmente, da carne suína e vou fazer para a família no natal”.

Segundo Amélia Ferreira da Silva, beneficiária, a ceia de natal é um momento especial e aprender pratos saudáveis oferece uma nova perspectiva para as festas.  “O que eu achei mais interessante foi a proposta de uma ceia de natal mais saudável, buscando uma melhor qualidade de vida”.

Orteco