Covid-19: Juscelino Cabral pede mais agilidade na vacinação de pessoas idosas

Juscelino Cabral apresentou diversas proposições solicitando melhorias para os bairros e a área central de Dourados – Foto: Valdenir Rodrigues

Após visitas as unidades de saúde de Dourados, o vereador Juscelino Cabral (DEM) cobrou nesta semana, através de requerimento, providências urgentes à Prefeitura de Dourados para diminuir o tempo de espera e a fila de pessoas idosas que ainda aguardam pela vacinação contra a Covid-19 no município.

Diante da situação das pessoas já fragilizadas pela terceira idade que chegam aos locais de imunização durante a madrugada para garantir a vacina, o democrata solicita que sejam tomadas medidas urgentes para sanar esse desconforto, sugerindo, inclusive, que o horário para o início da vacinação seja alterado do período vespertino para o período matutino.

Na oportunidade, Juscelino solicitou também informações ao município quanto ao número de vagas que serão disponibilizadas pela Rede Municipal de Ensino para o ano letivo de 2022. “É necessário que os alunos estudem em Ceim’s próximos as suas residências, para evitar o deslocamento para bairros distantes”, enfatizou o vereador.

Ecopontos 

O vereador do DEM pediu ainda que os Ecopontos, que são os locais destinados para descarte correto de alguns resíduos, tais como sobras de construções, galhos de árvores, pneus, entre outros, também recebam atenção do poder público municipal. Juscelino destaca que a população dos bairros Parque das Nações, Parque do Lago II e dos fundos da Cohab II está reivindicando a ampliação do horário para recebimento desses materiais, incluindo os sábados (até às 17h) e domingos (até às 12h). “O anseio da comunidade desses bairros é para evitar que seus entulhos sejam jogados em via pública, o que facilita a proliferação de insetos e doenças”, destacou.

Sinalização 

Fechando as proposições apresentadas na semana, o democrata solicitou ainda a instalação de sinalização vertical e semáforo no cruzamento da avenida Weimar Gonçalves Torres com a rua João Rosa Góes. “O fluxo intenso naquele local, principalmente em horários de pico, dificulta a travessia de pedestres, gerando grandes riscos e acidentes”, justificou o vereador.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.