Tiago Nunes pediu desculpas pelo resultado do Corinthians – Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Após o terceiro jogo sem vitória no Campeonato Paulista, o técnico do Corinthians Tiago Nunes pediu desculpas à torcida alvinegra e fez sua avaliação do revés deste sábado, para o Água Santa em Diadema.

“Primeiro aproveitar para pedir desculpas a torcida corintiana pelo resultado. Foi muito ruim pelas nossas pretensões, pelo momento crescente que a gente vinha. Qualquer tipo de explicação que eu possa dar hoje acaba caindo por terra pelo resultado final”, comentou o treinador em entrevista coletiva.

“O número de finalizações (do Corinthians) foi alto, principalmente o número de chances de gol. Tivemos oito. O adversário criou duas chances e dez duas vezes. Têm erros nossos envolvidos. Precisamos buscar o equilíbrio, voltar a ter uma sequência de bons momentos”, avaliou Tiago Nunes.

Para o técnico, é apenas com sequência e tempo que o time corintiano irá evolui no decorrer da temporada.

“Somente assim a gente vai conseguir firmar uma maneira de jogar, até para gerar confiança em todos internamente. O que me deixa esperançoso é que somos uma equipe que tem potencial. Estamos tentando encontrar os melhores jogadores, quem mais combina com quem”, seguiu o comandante alvinegro.

Sem Love
O treinador também foi questionado sobre a substituição de Vagner Love para a entrada de Everaldo no intervalo. O camisa 9 vinha sendo o destaque da equipe na primeira etapa, marcando o único gol do Timão no jogo.

“Eu precisava de mais movimento no ataque. O Vagner fez o gol, foi importante no lance. Mas eu estava com o Love, Yony e Boselli muitos presos, recebendo só bolas de costas. A ideia central era que o Yony e Love tivessem mais jogadas de profundidade, rodando em torno do Boselli”, explicou.

“Botei um jogador de mais mobilidade. Voltei para o segundo tempo apostando que o Yony poderia dar esse retorno, atacar as costas do adversário, ter mais profundidade, mas não conseguimos ter o equilíbrio”, seguiu.

Da Gazeta Esportiva

Deputado Zé Teixeira