O Corinthians entrou em campo na noite dessa quarta-feira com uma formação alternativa, confirmando o foco na finalíssima do Campeonato Paulista, marcada para domingo, contra o São Paulo, em Itaquera. Mas, independente da formação, o desempenho foi o mesmo dos últimos jogos. Mais uma vez o time de Fábio Carille pouco criou, quase não agrediu e deixou a Arena Condá com a derrota por 1 a 0 diante da Chapecoense, pelo primeiro confronto da quarta fase da Copa do Brasil.

Na semana que vem, em São Paulo, o Timão terá de vencer por dois gols ou mais de diferença se quiser avançar às oitavas de final sem a necessidade dos pênaltis. Como não há gol qualificado fora de casa, qualquer triunfo alvinegro por um gol levará a definição da vaga para a marca da cal. Os catarinenses só precisam de um empate agora.

O único gol do jogo foi marcado por Aylon, aos 33 minutos, depois de chute torto de Gustavo Campanharo e vacilo de Richard na hora de acompanhar a linha de impedimento da defesa corintiana.

Naquela altura do jogo, Walter, substituto do suspenso Cássio, já era o melhor em campo com três belas intervenções. Sornoza, Jadson e Vagner Love não conseguiam se entender e faziam de Boselli uma vítima no sombrio ataque dos paulistas.

Ciente de que seu time passou todo o primeiro tempo sem dar sequer um chute a gol, Carille resolveu apostar em Ralf e Clayson nas vagas de Ramiro e Jadson para a etapa final. De cara, pouco adiantou. Com apenas dois minutos, Gustavo Campanharo acertou o travessão de Walter.

Aos poucos, a Chape foi se encolhendo e chamando o Corinthians. Mesmo assim, a exceção de bolas jogadas à área, fosse por meio de escanteios ou laterais, os comandados de Carille não conseguiram criar um só jogada para evitar o revés.

No fim, a Chapecoense se mostrou satisfeita com a vantagem conquistada para o jogo da volta. Ao Corinthians ficou a impressão de que poderia ser pior e, principalmente, que muita coisa precisa mudar.

Domingo, antes do reencontro, Chapecoense e Corinthians jogam as finais de seus respetivos Estaduais. Enquanto o Timão encara o São Paulo, os catarinenses visitam o Avaí na Ressacada.

Ficha Técnica
Chapecoense 1 x 0 Corinthians

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 17 de abril de 2019, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Farinha
Cartões amarelos: Eduardo, Everaldo (CHA); Ramiro, Michel (COR)
Público:7.758 pagantes
Renda: R$ 245.810,00

GOL
Chapecoense: Aylon, aos 33 minutos do 1T.

CHAPECOENSE: Wagner (Tiepo); Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo e Elicarlos (Amaral); Régis (Augusto), Gustavo Campanharo e Aylon; Everaldo
Técnico: Ney Franco

CORINTHIANS: Walter; Michel Macedo, Marllon, Henrique e Carlos; Richard e Sornoza; Ramiro (Ralf), Jadson (Clayson) e Vagner Love; Boselli
Técnico: Fábio Carille

Da Gazeta Esportiva