Copa do Brasil: Contra o Atlético-MG, Santos tenta evitar terceira eliminação no Pacaembu em 2019

Peixe já caiu na Sul-Americana e no Paulistão no estádio da capital paulista

O jogo entre Santos e Atlético-MG, nesta quinta-feira, às 20h (de Brasília), válido pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil, marca mais uma decisão do Peixe no Pacaembu em 2019. Até aqui na temporada, o Santos decidiu três confrontos eliminatórios no estádio e se classificou só em um.

Apesar do retrospecto positivo como mandante no Pacaembu no ano – oito vitórias, um empate e uma derrota em 10 jogos – foi no Pacaembu onde o Santos sofreu duas eliminações na temporada. Pela Copa Sul-Americana, o Peixe caiu de forma precoce para o River Plate do Uruguai, após empate por 0 a 0, em Montevidéu, e outra igualdade no placar, por 1 a 1, em São Paulo, na primeira fase da competição continental.

Além disso, o Santos também foi eliminado pelo Corinthians, na semifinal do Campeonato Paulista. Depois de perder em Itaquera, por 2 a 1, o Peixe venceu o rival por 1 a 0 no Pacaembu, mas foi derrotado nas cobranças de pênaltis.

A única partida eliminatória com desfecho positivo foi diante do América-RN, pela segunda fase da Copa do Brasil, quando o Peixe goleou o time nordestino por 4 a 0 e avançou em jogo único.

No jogo desta quinta-feira, o Santos colocará à prova sua eficiência em jogos eliminatórios e, de quebra, tentará quebrar a mística negativa criada sobre o Pacaembu após as recentes quedas em mata-matas.

A princípio, o jogo contra o Atlético-MG estava marcado para o Pacaembu, mas o Santos solicitou à CBF que mudasse a partida para a Vila Belmiro. A entidade enviou um ofício ao Peixe e confirmou a alteração em seu site oficial, mas voltou atrás e definiu o estádio da capital paulista como palco da decisão.

Além de jogar no Pacaembu, o Santos terá um problema extracampo nesta quinta. Com preços elevados para o jogo decisivo, o Peixe recebeu críticas nas redes sociais e não conseguiu vender uma boa carga de ingressos. Até a última segunda-feira, apenas 6,6 mil entradas haviam sido comercializadas.

Desde a última eliminação, no entanto, o Santos se reforçou ainda mais, principalmente no setor ofensivo. O volante Jobson e os atacantes Marinho e Uribe chegaram ao clube e têm condições de jogo para esta quinta-feira.

Marinho e Uribe, inclusive, estrearam na vitória sobre o Ceará, no último domingo, em Fortaleza. O camisa 31 teve menos tempo em campo, mas jogou melhor que o camisa 9, que não atuava há quase dois meses.

Do Globo Esporte