O Palmeiras, enfim, conseguiu se classificar às quartas de final da Copa Libertadores. Adversário do Colo-Colo na próxima fase do torneio continental, o time alviverde reencontra o meia Jorge Valdivia e o centroavante Lucas Barrios, com passagens recentes pelo Palestra Itália.

O Palmeiras não participa das quartas de final da Libertadores desde a edição de 2009, quando o time defendido pelo goleiro Marcos acabou eliminado pelo Nacional. Desde então, o clube caiu nas oitavas de final em 2013 (Tijuana) e 2017 (Barcelona de Guaiaquil) e não passou da fase de grupos em 2016.

De volta às quartas, o Palmeiras terá dois oponentes conhecidos. Com 241 jogos e 41 gols, Valdivia conquistou a Copa do Brasil (2015 e 2012) e o Campeonato Paulista (2008) pelo clube. Já Barrios, ganhador da Copa do Brasil (2015) e do Campeonato Brasileiro (2016), marcou 14 vezes em 45 partidas.

A dupla de ex-palmeirenses teve atuações decisivas pelo Colo-Colo no confronto com o Corinthians pelas oitavas de final. Valdivia, como de costume, foi o principal articulador da equipe, enquanto Barrios marcou em Itaquera e ajudou a desafogar o time nos minutos finais.

Diante do Colo-Colo, o Palmeiras tentará alcançar as semifinais do torneio continental pela primeira vez desde 2001. Há 17 anos, sob o comando do técnico Celso Roth, o time alviverde foi significativamente prejudicado pelo árbitro Ubaldo Aquino na Bombonera e acabou eliminado pelo Boca Juniors no Palestra Itália.

As datas dos confrontos pelas quartas de final da Copa Libertadores ainda não foram definidas pela Conmebol. Como estabeleceu a melhor campanha da primeira fase do torneio, o Palmeiras terá o direito de disputar a segunda partida contra o Colo-Colo como mandante.

Da Gazeta Esportiva