O novo número foi divulgado pela própria rede social

O Facebook acredita que a consultoria política Cambridge Analytica possa ter tido acesso a dados de 87 milhões de usuários da rede social.O número é quase 75% maior do que os 50 milhões divulgados anteriormente.

Os perfis acessados, principalmente nos Estados Unidos, podem ter sido utilizados para beneficiar a campanha presidencial de Donald Trump em 2016.

O número foi divulgado por Mike Schroepfer, diretor de tecnologia do Facebook, no blog da companhia.

O anúncio foi feito no mesmo dia em que a rede social declarou que realizará alterações em sua política de privacidade e termos de serviço pela primeira vez em três anos.

De acordo com o CEO da companhia, Mark Zuckerberg, a nova política trará mais detalhes sobre os dados coletados no Facebook e em suas outras plataformas, como o Instagram e o Messenger.

Após o escândalo de vazamento de informações de usuários do Facebook, Zuckerberg prometeu medidas mais rígidas para proteger a privacidade dos dados, com o objetivo de restringir o acesso de desenvolvedores de aplicativos às informações das pessoas.

Da AnsaFlash