Termo de nomeação do delegado Antônio Carlos Vieira foi assinado na tarde desta quarta, junto com a exoneração do secretário José Carlos Barbosa, que retornará à Assembleia Legislativa - Foto: Edemir Rodrigues
Termo de nomeação do delegado Antônio Carlos Vieira foi assinado na tarde desta quarta, junto com a exoneração do secretário José Carlos Barbosa, que retornará à Assembleia Legislativa – Foto: Edemir Rodrigues

O governador Reinaldo Azambuja deu posse na tarde desta quarta-feira (20.12) ao novo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, em substituição a José Carlos Barbosa que retorna à Assembleia Legislativa.

“Todos nós conseguimos construir uma política de segurança pública para Mato Grosso do Sul”, declarou o governador ao lembrar a atuação de Barbosa. Nos 20 meses em que ocupou o cargo, ele esteve à frente do projeto do Executivo de reestruturação das forças policiais no em todo o Estado.

Por meio do Programa MS Mais Seguro, o Governo tem feito investimentos que totalizam R$ 115 milhões distribuídos em 700 novas viaturas, armamentos e equipamentos de proteção. O programa incluiu também a capacitação das forças de segurança, com cursos de formação e mais de sete mil promoções para valorização das categorias civis e militares.

Ele foi idealizado para impedir que a crise econômica que afetava o País fizesse disparar os índices de criminalidade. Enquanto diversas outras cidades brasileiras apresentaram aumento nos casos de violência, MS apresentou redução em diversos crimes – incluindo homicídios, latrocínios e roubos e furtos.

“Daremos continuidade ao trabalho, ao planejamento e aos compromissos firmados, com a segurança sendo prioridade para que a nossa população viva em paz”, adiantou o governador, após assinar os termos de exoneração do antigo e posse do novo secretário.

Ao deixar o cargo, José Carlos Barbosa, destacou os resultados obtidos e a integração de todas as forças policiais que fizeram esforço conjunto para reforçar a segurança no Estado.

“Saio com o sentimento de dever cumprido pois sempre contei com o respaldo do Governo, das forças de segurança e o resultado dos investimentos e desse trabalho conjunto é que conseguimos deixar indicadores extremamente favoráveis”, declarou, sobre a redução de diversos índices de criminalidade.

Antônio Carlos Videira adiantou que dará continuidade nesse trabalho conjunto, para que Mato Grosso do Sul continue sendo um dos estados mais seguros do País. “A segurança pública é dever do Estado, mas uma responsabilidade de todos nós”, pontuou.

Formado em Direito e com 27 anos de carreira na Polícia Civil, Videira já atuou em setores como o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron) e ocupou o cargo de superintendente de segurança pública na Sejusp.

Entregas

No início da cerimônia, foram entregues pelo governador Reinaldo Azambuja 11 veículos furgão e 300 rádios transreceptores para a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). Os investimentos de R$ 1,9 milhão nos veículos e equipamentos são oriundos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

Também foram entregues 10 veículos Ford K Sedan – adquiridos por meio de convênio do Governo Federal com a Infraero no valor de R$ 510 mil – destinados ao Corpo de Bombeiros. A Corporação recebeu ainda dois jipes Marruá: um fruto de emenda parlamentar da deputada federal, Tereza Cristina, e outro por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Estiveram presentes na solenidade os secretários de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel; de Infraestrutura (Seinfra), Marcelo Miglioli; de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck; de Cultura e Cidadania, Athayde Nery; adjunto da Secretaria de Administração e Desburocratização, Édio Viegas; os deputados estaduais Mara Caseiro, Enelvo Felini, Renato Câmara, Zé Teixeira, João Grandão, Lídio Lopes, além de prefeitos, vereadores e diversas autoridades da área de Segurança.