Fundado em 2003, o portal de notícias é uma das referências do capítulo “Trajetória do ciberjornalismo em Mato Grosso do Sul”.

O site Conjuntura Online é destaque no livro “Performance em Ciberjornalismo: tecnologia, inovação e eficiência”, de autoria do Grupo Ciberjor, da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Fundado em 2003, o portal de notícias é uma das referências do capítulo “Trajetória do ciberjornalismo em Mato Grosso do Sul”, escrito pela jornalista Fernanda França.

O livro traz informações de como os jornais e jornalistas administram as tecnologias para proporcionar melhor conteúdo, qualidade jornalística e recursos tecnológicos que possam contribuir de forma ampla para a compreensibilidade da informação.

No Capítulo XX do livro, Fernanda divulga o resultado de uma pesquisa que fez sobre a história “dos principais cibermeios de Mato Grosso do Sul a partir de 1997, quando os veículos online pioneiros iniciaram suas atividades no Estado”.

Isso, segundo ela, ocorreu pouco tempo depois da criação das primeiras versões de jornais brasileiros para o ciberespaço”.

“Por meio de revisão bibliográfica e entrevistas com os proprietários dos principais veículos, localizados nos maiores municípios do Estado, o artigo traz o retrato do ciberjornalismo em uma região peculiar, onde os cibermeios se multiplicam rapidamente, na mesma velocidade em que alguns deixam de existir. Tanto na capital, Campo Grande, quanto no interior, Mato Grosso do Sul tem um ciberjornalismo ativo e volátil, o que fica constatado a partir do histórico dos cibermeios e da evolução do jornalismo local especializado em internet”, conta ela, no resumo da obra.

Ainda segundo a jornalista, Mato Grosso do Sul é um estado novo e possui considerável número de portais noticiosos – 328 no total à época em que o livro foi editado.

Conjuntura Online

A publicação relata que em 2003, o jornalista Willams Araújo pôs em prática um sonho antigo, que era divulgar na internet a coluna política “Conjuntura”, editada havia mais de vinte anos em jornais impressos de Mato Grosso do Sul, entre eles, o Diário MS e O Progresso, ambos de Dourados.

Conta que no início, além da coluna e de artigos opinativos, eram publicadas apenas matérias políticas, mas com o crescimento da popularidade e do número de acessos, as editorias foram ampliadas. Há pelo menos cinco anos, o veículo aborda temas variados em suas reportagens.

“Apesar da diversidade de editorias, voltadas para assuntos como a preservação do meio ambiente, o combate às drogas e à pedofilia, além do comportamento dos gestores públicos, o Conjuntura Online ainda preserva um diferencial, que é o foco do noticiário político, sobretudo nos bastidores”, destaca.

De acordo com o proprietário, o layout já foi modificado várias vezes devido ao avanço das tecnologias multimídia e às mudanças editoriais promovidas. A última alteração do design do cibermeio, com objetivo de torná-lo mais dinâmico e interativo, ocorreu em julho de 2015.