Um dos cursos oferecidos é o de manutenção de máquinas agrícolas – Divulgação

Conseguir um bom emprego está cada vez mais difícil para quem está em busca de uma vaga no mercado de trabalho, porém, ao mesmo tempo, muitas empresas têm reclamado da falta de mão-de-obra devidamente qualificada para suas demandas. Atento a isso, o Senai de Mato Grosso do Sul tem quatro cursos de qualificação profissional com índice de empregabilidade de até 80%, ou seja, basta fazer a formação e, praticamente, estará garantindo uma vaga de emprego com boa remuneração.

Trata-se dos cursos de mecânico de máquinas agrícolas, operador de colheitadeira, técnico em eletrotécnica e classificador de grãos, que podem ser disponibilizados pelo Senai nas unidades fixas de Dourados e Maracaju ou nas demais cidades do Estado por meio das unidades móveis. O gerente de gestão em inovação e tecnologia do Senai, Leandro Schneider, destacou que a instituição tem a missão de atender as demandas e solicitações da indústria e, por isso, é constantemente solicitado por disponibilizar profissionais qualificados e também para a oferta de novas capacitações.

“O Senai atende prontamente esses pedidos, criando novos cursos, que muitas vezes são personalizados, para que esses profissionais saiam preparados conforme o desenho e a necessidade industrial”, afirmou Leandro Schneider. Conforme o assessor especial de mercado do Senai, Luis Patrick de Andrade Soares, os cursos têm em sua grade curricular a aplicação de Lean e 5S, ferramentas da Indústria 4.0. “É uma forma de qualificar o aluno para essa transformação tecnológica que estamos vivendo”, informou, completando que a remuneração média para os profissionais qualificados nesses quatro cursos chega a R$ 3 mil.

1 – Mecânica de Máquinas Agrícolas

O curso de mecânica de máquinas agrícolas é definido como o conjunto de procedimentos que visam manter as máquinas nas melhores condições de funcionamento e prolongar a vida útil, através de lubrificação, ajustes, revisões e proteção contra os agentes que lhes são nocivos, os quais estão presentes no ar, solo e plantas. Esses fatores problemáticos são decorrentes do próprio trabalho, do meio ambiente e do manejo e dizem respeito a alojamento, abastecimento, lubrificação, pequenos reparos, proteção contra ferrugem e deterioração.

2 – Operador de Colheitadeira

O curso de operador de colheitadeira de grãos visa capacitar o profissional na operação adequada com a máquina conforme norma regulamentadora NR 12. A habilidade no trabalho com o equipamento é desenvolvida com a experiência e uso contínuo do mesmo, porém os aspectos de segurança operacional é requisito necessário a qualquer operador independente do tempo de conhecimento em operações com a máquina. Muitos acidentes ocorrem com operadores experientes. Ao término deste curso o profissional estará apto a operar a colheitadeira com segurança e eficiência, de forma a evitar acidentes e preservar as boas condições da máquina e de todos os envolvidos na operação de movimentação na agricultura e colheita.

3 – Técnico em Eletrotécnica

O curso técnico em eletrotécnica tem como objetivo formar profissionais capacitados para atividades de execução, manutenção de componentes e equipamentos eletroeletrônicos, independente de qual seja a forma (empresa, indústria, prestação de serviços, etc. O perfil do eletrotécnico deverá ser crítico, aplicado, atencioso e bem correto em suas atividades, pois o profissional é responsável por todas as atividades eletroeletrônico do meio que se encontra.

4 – Classificador de Grãos

A grande questão na comercialização de grãos, tanto no ato da compra como na venda, é saber exatamente o que está sendo comprado ou vendido. O desconhecimento das características ou padrões de classificação de grãos tem trazido não só prejuízos para compradores e vendedores como também problemas de ordem litigiosas e judiciais. Por isso, o curso de classificador de grãos ensina o profissional a conhecer as técnicas corretas de coleta de amostras, de determinação de umidade utilizando-se equipamentos padrões e de identificação de defeitos e impurezas em amostras de grãos.

Serviço – Para mais informações sobre esses cursos basta ligar para o telefone 0800 7070 745.