Confiança do empresário da capital cai em janeiro, mas continua em zona positiva

A CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) aponta que o ICEC (Índice de Confiança do Empresário do Comércio) de Campo Grande teve queda e alcançou neste mês de janeiro o índice de 124,7. Esse valor está no mesmo patamar registrado em novembro, que foi de 123,9 e menor em relação a dezembro, quando chegou a 127,3.

“A inflação de 2020 fechou em 4,52%, a maior desde 2016 e a depender do índice considerado, como o IGP-M, o percentual superou 20%. Além disso, nossa economia está fortemente atrelada a algumas variáveis, como as oscilações políticas e avanços ao combate da covid-19, o que pode ajudar a justificar a confiança menor neste início de ano”, explica a economista do IPF MS, Daniela Dias.

Indicadores como expectativa de melhoria na economia brasileira, expectativa para o comércio e para empresa, além das condições atuais da empresa continuaram favoráveis e contribuem para os índices continuarem na zona positiva.

Acesse AQUI a pesquisa completa.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.