Entidade empossou nova diretoria, que tem o secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul como vice-presidente regional do Centro-Oeste e vice-presidente nacional 

Geraldo Resende e o presidente nacional do Conass, Alberto Beltrame – Foto: Conass

Resultado de uma parceria com a Secretaria de Estado de Saúde, Ministério da Saúde e Hospital Alemão Oswaldo Cruz, o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass), participa da elaboração de um plano estratégico que vai desencadear a regionalização da saúde em Mato Grosso do Sul.

A informação é do secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, que foi escolhido vice-presidente nacional da entidade em reunião que aconteceu nesta quarta-feira (24.05) em Brasília, após sua eleição como vice-presidente regional do Centro-Oeste, na noite de terça-feira (23.05).

“A atuação do Conass tem sido de fundamental importância para auxiliar todos os Estados no aprimoramento da atuação das Secretarias Estaduais de Saúde (SES). Esse apoio acontece principalmente na busca da eficiência na gestão”, afirma Geraldo Resende. Entre os programas, está o Proadi-SUS (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS), que está está sendo executado em Mato Grosso do Sul.

Nos dias 8 e 9 deste mês aconteceu em Campo Grande a primeira oficina do Proadi-SUS, com a presença de mais de 30 profissionais das mais diversas áreas de atuação da Secretaria de Estado de Saúde. De um total de seis oficinas, a próxima está marcada para a próxima semana, nos dias 29 e 30, na Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser.

De acordo com o secretário Geraldo Resende, a implantação do Proadi-SUS em Mato Grosso do Sul é o primeiro passo para a realização de um planejamento conjunto com o Conselho Estadual de Saúde (CES) que visa, ao final, implementar a regionalização da saúde em MS. Outro momento importante, segundo ele, será a Conferência Estadual de Saúde, que acontecerá nos dias 4 e 5 de junho e norteará a formulação da política estadual de saúde.

Nacional

Depois de ter sido eleito vice-presidente regional do Centro-Oeste no Conass, Geraldo Resende foi escolhido como o vice-presidente nacional da entidade. A escolha foi feita pelo novo presidente Aberto Beltrame, que é secretário estadual de Saúde do Paraná. Pelos estatutos do Conselho, o presidente tem a prerrogativa de escolher seu substituto imediato, o qual assume quando houver necessidade, ou por qualquer tipo de impedimento do titular.

A posse da nova diretoria do Conass para a gestão 2019-2020 aconteceu em uma cerimônia que contou com a presença da diretora geral da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), Carisse Etienne, e de autoridades como ministros, senadores, deputados e ex-ministros da saúde.