Como evitar alergias respiratórias no outono

Diversas medidas podem aliviar sintomas causados por poeira e ar seco

O outono e o inverno são épocas do ano em que o ar fica mais seco. Neste período, as mucosas respiratórias também ficam mais inflamadas e ressecadas, facilitando a proliferação de doenças respiratórias, como a rinite alérgica. Apesar disso, algumas medidas podem atenuar e até resolver o problema.

Você pode utilizar um inalador portátil para fazer inalações com soro fisiológico pelo menos uma vez ao dia. Com isso, as secreções respiratórias ficam mais fluidas e menos espessas, tornando o processo de respirar mais fácil. O nariz realiza o processo de aquecer e limpar o ar. Nesta época, há muito mais poeira suspensa no ar, o que deixa o órgão com mais impurezas. Nesse sentido, também é uma boa dica limpar o nariz com soro fisiológico pelo menos três vezes por dia.

Durante o outono e o inverno, quando as temperaturas ficam mais baixas, é comum as pessoas diminuírem o consumo de água. Esse comportamento é equivocado, porque os mecanismos de defesa funcionam melhor quando as mucosas respiratórias e o corpo está mais hidratado. Portanto, não esqueça de beber muita água para evitar ainda mais problemas respiratórios.

Umidificar o ar é uma alternativa, já que, como dissemos, nesta época do ano, ele fica mais seco. Para alcançar esse objetivo, você pode colocar uma toalha úmida estendida no quarto. As gotículas de água evaporadas vão deixar o ar menos seco. Também veja a possibilidade de adquirir um aparelho umidificador, que possui exatamente essa função.

O ar-condicionado também costuma ser um problema nesta época, porque as pessoas não costumam limpar o aparelho no inverno e no outono por causa da baixa utilização. No entanto, é sempre importante fazer a manutenção e a limpeza dos filtros com frequência para evitar o acúmulo de poeiras causadoras de alergia. Também tome cuidado com o material utilizado em tapetes e cortinas.

As persianas de material sintético são mais recomendadas. Evite carpetes. Em substituição, prefira pisos de madeira, que são mais térmicos e não provocam alergia. Você também encontra roupas de cama especialmente feitas para quem possui problemas respiratórios e alergias. Procure esses materiais sempre que possível.

Por fim, durma bem e faça atividades físicas. Essas sugestões podem ser óbvias, mas nem sempre são seguidas a rigor pelas pessoas. Com uma boa noite de sono e com a realização de exercícios, seu corpo fica muito menos suscetível às doenças, já que tais atividades favorecem e fortalecem o sistema imunológico.