Comissão Especial de Avaliação da Planta Genérica de Valores de Itaquiraí durante reunião na Prefeitura - Foto: Guiomar Biondo
Comissão Especial de Avaliação da Planta Genérica de Valores de Itaquiraí durante reunião na Prefeitura – Foto: Guiomar Biondo

A Comissão Especial de Avaliação da Planta Genérica de Valores de Itaquiraí reuniu-se na manhã de hoje (28-11), sob a presidência do diretor do Departamento Municipal de Tributos e Cadastro, Altair Müller. Após apresentações de documentações e avaliação econômica foi aprovado o reajuste do IPTU para o ano de 2018 com uma porcentagem de 2,7%, de acordo com o IPCA de Outubro/2017 (IBGE).

Segundo o secretário municipal de Planejamento e Finanças, José Belo, atendendo determinação do prefeito Ricardo Fávaro Neto (PSDB), para o reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano de 2018, será aplicado o índice da inflação. “Não haverá reajuste acima da inflação, somente a correção do valor. E para o ano que vem, vamos fazer toda a parte de verificação da planta de valores”, disse o secretário nesta terça-feira, durante a reunião da Comissão Especial de Avaliação da Planta Genérica de Valores.

Para consubstanciar a adequação da planta de valores, já foi autorizada a realização de nova setorização por face de quadra, ou rua, para tirar as distorções que ocorrem na avaliação de imóveis que fazem parte de uma determinada rua e têm valores diferentes da avaliação e do valor do IPTU. “O objetivo deste trabalho é acabar e diminuir as injustiças em relação à cobrança do IPTU”, pontua Belo.

Outra ação do Município, e que já está em andamento, é a realização de novo levantamento cadastral de todos os imóveis urbanos para atualização da planta de valores, conforme tem sido observado pelos moradores do perímetro urbano de Itaquiraí. “Neste contexto, pedimos à população que receba bem os fiscais da prefeitura para que possam fazer a contento os serviços de levantamento dos imóveis”, orienta Altair Müller.

Da reunião realizada hoje, na Prefeitura, participaram: Altair Müller (diretor de Arrecadação), José Belo (secretário de Planejamento e Finanças), Jairo Donin (Controlador Geral), Joel José Cardoso (vereador), Jacy Cosme Sobrinho (proprietário de imóvel), Roberto M. da Silva Junior (Engenheiro Civil), e Eduardo R. V. da Silva (corretor de imóveis).