Comissão de Saúde da Câmara de Dourados visita Hospital da Vida

Comissão de Saúde durante visita ao Hospital da Vida - Divulgação
Comissão de Saúde durante visita ao Hospital da Vida – Divulgação

A Comissão de Higiene e Saúde, presidida pelo vereador Pedro Pepa (DEM), visitou o Hospital da Vida, na manhã desta quarta-feira (9), para conhecer as instalações provisórias para atendimento do serviço de oncologia em Dourados, até a regularização do Hospital da Cassems. Eles avaliaram a situação do local como preocupante, apontando um possível colapso, por conta da migração do atendimento.

Segundo Pedro Pepa, a Comissão ficou preocupada com a situação que se encontra o local para o atendimento dos pacientes. “É impossível à migração do serviço para aquela unidade”, afirmou o vereador, apontando que todas as salas da unidade de saúde estão ocupadas, então será necessário à desocupação do atendimento em outros setores para que os serviços de oncologia sejam prestados no local.

“Todos os espaços do hospital estão ocupados com vários outros tipos de atendimentos, sendo que o local destinado à oncologia fará com que outro tipo de atendimento fique prejudicado, sito como exemplo o local destinado a idosos que tem prioridade. E mesmo se não fosse lá, eles teriam que suspender algum atendimento, o que já vem acontecendo”, comentou. “A gestão está um colapso. Isso nós podemos constatar”, completou.

O vereador apontou que, durante a visita, cinco pacientes de alta estavam ocupando leitos da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), porque foram impossibilitados de sair do local, já que não há espaço para eles continuarem o tratamento em áreas menos complexas e assim desocupar os leitos. “Desta forma, este atendimento que ora migrou parcialmente para o hospital, está causando transtornos, que elegemos como um colapso. Como será, caso, todo serviço oncológico queira ser prestado em sua totalidade no local sem qualquer estrutura?”, indagou Pepa sobre a migração.

Após os levantamentos, Pepa constatou que não há possibilidade do Hospital da Vida realizar os serviços, com isso pediu, em regime de urgência, uma agenda com o secretário municipal de Saúde, Renato Vidigal, para que juntos encontrem uma saída definitiva para o problema. Ainda assegurou que a Comissão irá realizar uma visita ao Hospital da Cassems, tendo em vista que eles venceram a licitação, porém não obtiveram habilitação do Ministério da Saúde, de acordo com o vereador, para realizar atendimento de oncologia em Dourados.

O vice-presidente da Comissão, Junior Rodrigues (PR), também participou da visita no Hospital da Vida.