Torneio será realizado neste sábado, com entrada gratuita e aberta ao público – Divulgação

Está tudo pronto na Escola do Sesi de Naviraí, que já está aquecendo os motores para a 5ª edição do Torneio Interclasse de Robótica, que será realizado neste sábado (17/08), com entrada gratuita e aberta ao público. A instituição de ensino será tomada pela animação dos competidores – serão quatro times de alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental –, que vão se enfrentar em provas que envolvem ultrapassar obstáculos, resgatar objetos e concluir trilhas, sem falar que tem um monte de dancinhas e a galera abusa das fantasias.

No torneio, cada time é avaliado enquanto realiza quatro diferentes missões – uma delas é o Desafio do Robô, quando os estudantes colocam robôs de Lego construídos por eles na arena de competições, e as máquinas precisam ser programadas para cumprir uma série de tarefas. É nessa hora que o coração dispara, porque um código programado errado pelo competidor impede o robô de cumprir a missão e perder pontos. São cinco equipes participando do torneio, mas a competição envolve 247 alunos dos ensinos Fundamental e Médio, que participam de competições e diversas atividades lúdicas propostas para o evento.

A comunidade de Naviraí que visitar o torneio poderá participar destas atividades e conhecer a robótica educacional, que integra a grade curricular do Sesi, como ferramenta de aprendizagem. Outra categoria é o Projeto de Pesquisa em que os alunos precisam desenvolver uma solução seguindo o tema proposto para este ano, “City Shaper”, algo como “os construtores da cidade”, em tradução livre.

Paredes sustentáveis e tijolos de cana de açúcar

O time do 6º ano, o The Kings of Architeture, criou um sistema para automação das lâmpadas e ar-condicionados das salas de aula, com controle por meio de aplicativo visando a redução de custos e tempo, e evitando o desperdício de energia. Já os Arquitetonics, do 7º ano, desenvolveram um tijolo biodegradável, fabricado a partir do bagaço da cana de açúcar, como uma alternativa aos tijolos comuns, e que contribua para a construção de moradias de baixo custo e sustentáveis.

Do 8º ano, os “Lego Builders” pensaram em uma forma de filtrar a poluição das grandes cidades, inserindo plantas aquáticas em canos de acrílico, que serão instaladas em fachadas de prédios e outros locais públicos, emitindo grandes quantidades de CO2 e auxiliando na purificação do ar. O time “Arquilego”, do 9º ano, criou uma bengala com sensores para deficientes físicos e visuais, ampliando a segurança deles durante o deslocamento pelas ruas e espaços públicos das cidades.

Os portões da Escola do Sesi serão abertos ao público a partir das 14 horas. O púbico poderá assistir às provas do Desafio do Robô, que inclui as disputas entre as máquinas, e participar de diversas atividades lúdicas propostas para o evento. A Escola do Sesi de Naviraí fica na Rua Ceará, 135, no centro da cidade.