O Palmeiras assumiu a quinta colocação do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo. Com uma escalação alternativa armada pelo técnico Cuca, a equipe alviverde ganhou por 2 a 0 do Sport na Arena Pernambuco e desbancou o adversário na tabela de classificação.

O volante Bruno Henrique e o atacante Keno marcaram os gols do Palmeiras, que teve quatro desfalques por suspensão e ainda poupou alguns atletas para a Copa do Brasil. A formação alternativa levou o time alviverde no Brasileiro aos 26 pontos, dois a mais que o Sport, sexto colocado.

Pela Copa do Brasil, às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o Palmeiras pega o Cruzeiro, no Mineirão. Já o Sport, às 19h15 de quinta, visita o Arsenal, pela Sul-Americana. Na 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, os alviverdes enfrentam o Avaí e os rubro-negros, o Bahia.

O Jogo – Superior desde o início da partida, o Palmeiras inaugurou o marcador na Arena Pernambuco aos 33 minutos do primeiro tempo. Em uma cobrança de escanteio pelo lado direito, Egídio bateu fechado. Bruno Henrique completou de cabeça na primeira trave e a bola encobriu o goleiro Agenor.

Com Diego Souza bem marcado, o Sport pouco fez durante o primeiro tempo. Em suas melhores chegadas ao campo de ataque, o time pernambucano investiu nas bolas alçadas na área palmeirense, uma delas cabeceada com certo perigo pelo meia-atacante.

Sem correr grandes riscos na defesa, o Palmeiras conseguiu aumentar sua vantagem aos 47 minutos do primeiro tempo. Inspirado, Bruno Henrique fez lançamento preciso para Keno pela esquerda. O atacante dominou no peito, invadiu a área e tocou na saída de Agenor.

O Sport quase empatou no começo do segundo tempo, quando Diego Souza sofreu falta de Juninho na entrada da área. O próprio meia-atacante bateu colocado e acertou o travessão palmeirense. No rebote, André cabeceou para fora. O goleiro Jailson, experiente, ficou no chão para esfriar o jogo.

O Palmeiras respondeu em uma jogada pelo lado esquerdo da grande área. Keno recebeu cruzamento de Erik e completou para grande defesa de Agenor. O próprio Keno tentou aproveitar no rebote, mas parou em nova intervenção do goleiro rubro-negro.

Na tentativa de ao menos diminuir a vantagem, o Sport procurou tomar a iniciativa e aumentou seu volume de jogo, mas não conseguiu dar trabalho a Jailson. O Palmeiras, atento na marcação e pronto para contra-atacar, soube como se defender até o final. Sem ritmo, o estreante Deyverson jogou o tempo inteiro e mostrou vontade.

Ficha Técnica
Sport 0 x 2 Palmeiras

Data: 23 de julho de 2017, domingo
Local: Arena Pernambuco, em Recife (PE)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO-CBF)
Assistente: Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (GO-CBF)
Público: 42.025
Renda: R$ 848.307,00
Cartões amarelos: André, Rithely e Diego Souza(SPO); Juninho, Keno, Jailson e Raphael Veiga (PAL)
Gols: Bruno Henrique, aos 33 minutos do 1º Tempo, e Keno, aos 47 minutos do 1º Tempo

SPORT: Agenor; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Sander (Rogério); Mena, Rithely (Thallyson), Patrick e Diegou Souza; Everton Felipe (Thomás) e André
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Luan, Juninho e Egídio; Thiago Santos, Bruno Henrique e Jean (Zé Roberto); Erik (Raphael Veiga), Deyverson e Keno (Roger Guedes)
Técnico: Cuca

Da Gazeta Esportiva