Com Sete indefinido, Bazílio confirma Acosta contra Aparecidense

Técnico testou diversas formações nos treinos da semana com novos contratados

Bazílio Amaral conversa com jogadores em uma das formações possíveis para o jogo deste domingo - Foto: Franz Mendes
Bazílio Amaral conversa com jogadores em uma das formações possíveis para o jogo deste domingo – Foto: Franz Mendes

O Sete de Dourados enfrenta a Aparecidense-GO neste domingo pela segunda rodada da Série D do Campeonato Brasileiro e pode ser um time bem diferente do que estreou em Rondonópolis-MT com derrota para o União EC. Começando pelo comando, com Bazílio Amaral na vaga de Nei César. O novo treinador pode ainda contar com a liberação dos zagueiros Thiago Moura e Térsio, do volante Buru, meia Marlon e do atacante Acosta, o mais festejado pelo torcedor. O goleiro Diego, se recondicionando, deve ficar à disposição para o terceiro jogo.

Com os poucos dias de trabalho porém – Bazílio assumiu o time na quarta-feira -, o treinador espera até o último momento para definir o time que inicia a partida deste domingo. Acosta e Marlon foram os que mais tempo treinaram no time que estava sendo preparado para o jogo e devem começar como titulares. “Foi uma semana curta de trabalho, mas deu para fazermos um esboço do que queremos para domingo. Temos todos os jogadores liberados para analisar e escalar o melhor time possível”, disse o técnico, sem adiantar quais jogadores iniciam a partida. “Tenho até a manhã de domingo para quebrar a cabeça com esse problema que todo técnico gosta de ter”.

De acordo com os treinos de quinta e sexta-feira, o treinador tem dúvida em todos os setores. Na zaga, a dupla do primeiro jogo, formada por Binho e Neto, pode ser desfeita com a chegada dos novos zagueiros Thiago Moura e Térsio. Na cabeça de área, Primo, Peu e Buru disputam dois lugares e no meio, Marlon deve jogar, mas Pavão, Damião e Leandro Branco também foram testados. Na frente, a dúvida é de quem vai jogar ao lado de Acosta. Leandrinho, Sadan, Daniel e Mitú jogaram ao lado do veterano atacante.

Neste sábado pela manhã, Bazílio encerrou a preparação com trabalho específico em lances de bola parada. O time provável para enfrentar a Aparecidense deve ter Alan Tobias no gol; Léo Félix, Binho (Thiago Moura), Térsio (Neto) e Anderson Peixe; Primo, Peu (Buru), Marlon e Leandro Branco (Damião), Acosta e Sadan (Leandrinho).

Jô de volta

Nos treinos da semana, a boa notícia foi o retorno do lateral Jô, que fez seu primeiro trabalho com bola após a contusão sofrida no fim do Campeonato Estadual. Já sem o gesso na mão direita, o jogador, que vinha treinando apenas fisicamente, participou de parte do treino técnico. “É um jogador importante e irá nos ajudar muito”, afirmou Bazílio.

Em sua página pessoal, Jô comemorou a volta aos gramados. “Foi o primeiro treino com bola após 30 dias. Agora falta pouco”. O lateral agradeceu ainda o acompanhamento do preparador físico Tadeu Nogueira neste período.

Segunda rodada

Sete e Aparecidense perderam seus jogos de estreia no Brasileiro e agora buscam reabilitação. O time douradense caiu para o União por 2 a 0 fora de casa, enquanto os goianos foram surpreendidos em casa pelo Luziânia-DF por 1 a 0.

Nesta segunda rodada, pelo grupo A11, o Luziânia recebe o União, neste sábado, às 15h (MS), no Estádio Zequinha Roriz, no duelo de líderes. Sete e Aparecidente fecham a rodada no Estádio douradão, domingo.