Com reforma da Previdência, Meirelles está otimista com retomada do selo de bom pagador

Henrique Meirelles, ministro da Fazenda – Foto: Gabriella Collodetti/MF

Para ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, elevação da nota de crédito do Brasil virá diante de aprovação das reformas econômicas, em especial a da Previdência

Com a aprovação da reforma da Previdência, além de outras medidas de ajuste, a revisão para cima da nota de crédito do Brasil, uma espécie de selo de bom pagador, é “uma questão de tempo”, avaliou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Nesta sexta-feira (12) ele concedeu uma entrevista coletiva para falar sobre o tema. A agência de classificação de risco Standard’s & Poor’s rebaixou a nota soberana do País, enquanto aguarda a avaliação, pelo Congresso Nacional, das novas regras para a aposentadoria.

De acordo com ele, o governo brasileiro está confiante de que a reforma da Previdência, a qual classificou como fundamental, será aprovada em fevereiro. “Esse é o quadro. Nós continuamos extremamente confiantes e seguros de que as reformas serão aprovadas, como já foram as outras medidas”, disse ele, citando reformas como o teto de gastos e a modernização trabalhista, ambas aprovadas pelos parlamentares.

Do Governo do Brasil