Além de investimentos no Hospital de Cirurgias da Grande Dourados, Governo do Estado cumpre com sua parte no financiamento de serviços prestados no Hospital da Vida, Hospital Universitário, SAMU, UPA, entre outros.

Hospital da Vida de Dourados já recebeu, este ano, R$ 12 milhões – Assecom

Com os pagamentos efetuados essa semana, o governo do Estado repassou, desde 1º de janeiro deste ano, recursos da ordem de R$ 28.663.514,23 para a saúde de Dourados, sem contar os investimentos próprios no Hospital de Cirurgias da Grande Dourados e o custeio de equipamentos instalados em unidades como Hospital da Vida e na UPA douradense.

Com isso, a administração estadual tem mantido regularidade nas transferências devidas pelo tesouro estadual para o financiamento do SUS – Sistema Único de Saúde no Município de Dourados. Esses pagamentos custeiam serviços importantes ofertados no Hospital da Vida, Hospital Universitário, SAMU, UPA, Hospital Evangélico, Hospital da Missão Caiuás entre outros, além de incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias.

Valores

Somando os repasses feitos mês a mês, somente o Hospital da Vida de Dourados já recebeu, este ano, R$ 12 milhões, estando em dia – pago até a competência setembro já que a competência outubro deve ser quitada até o final deste mês de novembro. Outro valor substancial repassado no período foi destinado ao Hospital Universitário (HU), somando R$ 6.050.000,00.

A UPA/Dourados também recebeu aportes do Estado, desde janeiro, que totalizam de R$ 3 milhões. O SAMU, por sua vez, percebeu R$ 912.275,00 em 2019, enquanto os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate a Endemias (ACE) receberam incentivos que somam R$ 1.764.689,62.

O governo do Estado também repassa ao Município de Dourados, especificamente para o Fundo Municipal de Saúde, valores para custeio de serviços prestados pelo Hospital Evangélico e pelo Hospital “Porta da Esperança”, da Missão Caiuás. Para o Evangélico, este ano foram repassados R$ 925.206,60 e para o “Porta da Esperança”, foram R$ 134 mil.

Compromisso

Segundo o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, é compromisso e determinação do governador Reinaldo Azambuja que os repasses sejam regularizados em relação a todas as regiões do Estado. “Temos feito todos os esforços nesse sentido. No caso de Dourados, entendemos que este Município tem um papel fundamental, porque é sede macrorregião compreendendo 33 cidades”, conclui o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.