Com muita chuva e pouco futebol, Corinthians e Palmeiras só empatam

Debaixo de uma chuva torrencial e de um futebol abaixo do ideal, Corinthians e Palmeiras ficaram no empate por 2 a 2 na Neo Química Arena, na noite desta quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O Verdão chegou a abrir dois gols de vantagem, mas o Timão buscou a igualdade em um jogo repleto de jovens promessas das categorias de base dos dois clubes.

Antes da bola rolar, dois acontecimentos esquentaram o clima. Primeiro, a Gaviões da Fiel e o Corinthians se recusaram a desmontar o mosaico montado nos setores Leste do estádio. “Mundial 2000 – 2012. Nunca serão” foi a provocação alvinegra que a PM gostaria de impedir. Sem opção diante das recusas, a PM avisou que notificaria o Ministério Público, mas o mosaico ficou intacto.

Já o Palmeiras decidiu ignorar o Derby em suas redes sociais. Nenhuma postagem foi feita em protesto ao fato da Federação Paulista de Futebol ter se recusado a alterar a data do jogo. A diretoria palmeirense não queria disputar o Derby em meio as finais da Copa do Brasil.

Resumo
Com a bola rolando, o jogo mal começou e logo deu para perceber a superioridade palmeirense, mesmo com time todo reserva. Bastou um erro de Cantillo na saída de bola para os visitantes abrirem o placar. Contra-ataque fatal, Lucas Lima passou por Gil e mandou para o gol.

O posicionamento corintiano sem a bola não melhorou e, aos 25, o Palmeiras aproveitou outro contra-ataque para ampliar. Willian serviu Gabriel Silva, que chegou batendo para as redes.

De repente, um verdadeiro temporal atingiu o local do jogo. O gramado ficou cheio de poças e o jogo passou a acontecer pelo alto.

Assim, o Corinthians, desfalcado de 10 jogadores devido a um surto de covod-19, equilibrou as ações e diminuiu. Jemerson mandou para a área e a bola caiu nos pés de Vital, que não desperdiçou a chance.

Gol fundamental antes do intervalo, principalmente porque no primeiro lance da etapa final, Rodrigo Varanda soube aproveitar passe de Vital para empatar o Derby.

A chuva diminuiu, assim como o ritmo do jogo, apesar da melhora do gramado. Mancini e Abel aproveitaram para usar o banco de reservas, mas o panorama pouco mudou e o placar não foi mais alterado.

E agora?
No próximo domingo, o Corinthians vai receber a Ponte Preta na Neo Química Arena, às 11 horas, pela terceira rodada do Paulistão.

No mesmo dia, às 18 horas, o Palmeiras jogará no Allianz Parque, contra o Grêmio, pela final da Copa do Brasil. N. jogo de ida, o Verdão venceu por 1 a 0 no Sul. Pelo Estadual, os palmeirenses voltam a campo na quinta-feira da semana que vem, às 19 horas, em casa, para enfrentar o São Caetano.

Ficha Técnica
Corinthians 2 x 2 Palmeiras

Local:Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data:3 de março de 2021, quarta-feira
Horário:19 horas (de Brasília)
Árbitro:Edina Alves Batista
Assistentes:Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back
VAR:Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos:Otero, Xavier (COR); Fabinho, Renan (PAL)

GOLS
Corinthians:Mateus Vital, aos 35 minutos do 1T, Rodrigo Varanda, aos 2 minutos do 2T
Palmeiras:Lucas Lima, aos 4, e Gabriel Silva, aos 25 minutos do 1T

CORINTHIANS:Matheus Donelli; Bruno Méndez, Jemerson, Gil e Lucas Piton; Roni e Cantillo (Xavier); Mateus Vital (Antony), Cazares (Otero) e Rodrigo Varanda (Luan); Jô
Técnico:Vagner Mancini

PALMEIRAS:Vinícius Silvestre; Gabriel Menino (Fabiano), Luan, Renan e Lucas Esteves; Danilo; Breno Lopes, Lucas Lima (Vitor Luis), Scarpa (Giovani) e Willian (Gustavo Garcia); Gabriel Silva (Papagaio)
Técnico:Abel Ferreira

Com Gazeta Esportiva

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.