Os indícios apontam que Al-Hilal e Flamengo fecharam um acordo pela contratação do volante colombiano Cuéllar. O time da Arábia Saudita fez uma publicação enigmática em seu Twitter, em que é colocada uma bandeira da Colômbia no estádio do clube.

Na tarde desta sexta-feira, o time da Gávea emitiu uma nota dizendo que o jogador estava liberado para fechar com o novo clube.

Quem não contava com a negociação é o meio-campista Gabriel, do Corinthians. O corintiano já viajou para a Arábia para assinar contrato, mas pode ter sua venda cancelada de última hora, com a liberação do atleta rubro-negro.

O Al-Hilal não escondeu que sua prioridade era Cuéllar e Gabriel o “plano B”. O colombiano foi o primeiro alvo na janela de transferências em agosto, porém, foi recusada a primeira oferta de 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 37 milhões).

Com o fracasso no Rio de Janeiro, os árabes ofereceram 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) pelo volante do Corinthians. Clube e atleta aceitaram a proposta, e Gabriel chegou a embarcar nesta sexta-feira para acertar os últimos detalhes.

Há a possibilidade do time saudita fechar com os dois jogadores, mas é improvável ao pensar que a janela de transferências do futebol saudita fecha no próximo domingo.

Da Gazeta Esportiva