A Juventus é conhecida por seu forte sistema defensivo. Já o Real Madrid sempre priorizou os times recheados de estrelas e com um futebol ofensivo. Neste sábado, as duas equipes ficam frente a frente para a disputa da grande final da Liga dos Campeões, e colocam a prova suas características.

O Real Madrid, maior campeão da história da Liga dos Campeões, vai em busca de seu 12º troféu. O clube espanhol espera contar com a força do estrelado elenco para a conquista da competição. Boa parte do time esteve presente nas vitórias sobre o Atlético de Madrid, em 2013/14 e 2015/16, e podem, juntos, conquistar a terceira “orelhuda” nos últimos quatro anos.

Para isso, o Real aposta no ataque. Liderados pela estrela Cristiano Ronaldo, os galácticos anotaram 32 gols durante a competição e ostentam o melhor ataque do torneio. Além de terem marcado o maior número de gols, os espanhóis também foram os que mais chutaram, com 226 arremates.

Maior artilheiro da história da Champions, o atacante português Cristiano Ronaldo pode conquistar seu quarto título – um com o United e dois com o Real. Com 10 gols nesta edição da competição, CR7 está a apenas um tento de igualar o número de Lionel Messi, que tem 11, e alcançar a sexta artilharia do torneio.

Além do belo aproveitamento do ataque galáctico, a bola costuma chegar redonda aos atacantes. O clube merengue é o segundo que mais deu passes, com 7.151 durante a competição. Além disso, Toni Kross e Luka Modric ajudaram o Real a ostentar a marca de segundo melhor time em passes certos, somando 89%.

Se o ataque é o ponto forte do Real, a Juventus aposta na sólida defesa para parar as investidas merengues. Em um total de 12 partidas realizadas, a Juve sofreu apenas três gols. Números que impressionam se comparados aos do Real, que foi vazado em 17 oportunidades.

Com o experiente goleiro Buffon defendendo a meta do time de Turim, Barzagli e Bonucci na dupla de zaga, e Evra e Daniel Alves nas laterais, a Juve levou dois gols na fase de grupos, para Sevilla e Lyon. Já na semifinal, o Monaco, com o jovem Mbappé, conseguiu furar a defesa italiana.

Mesmo com o forte setor defensivo, a Juve não abre mão do ataque. Com 21 gols, o time do técnico Massimiliano Allegri foi o sexto que mais balançou as redes nesta edição.

No próximo sábado, as duas equipes colocam em prova suas principais características e travam mais uma grande batalha na maior competição do futebol europeu. Real Madrid e Juventus entram em campo às 16h00 (de Brasília), no Millennium Stadium, em Cardiff, no País de Gales.

Da Gazeta Esportiva