Resultado positivo vem do investimento feito por produtores de MS em tecnologia e produtos de qualidade.

Com 67,19 sc/ha, Itaporã ultrapassou a média estadual que foi calculada em 59,17 sc/ha – Divulgação

No ranking estadual de produtividade da soja 2017/2018, o município de Itaporã ocupa a primeira posição. A informação foi divulgada na Circular Técnica da Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja de MS.

A cidade, localizada na região Sul, registrou 67,19 sc/ha, ultrapassando a média estadual que foi calculada em 59,17 sc/ha. Se compararmos com a temporada 2016/2017, quando o município colheu 57,7 sacas por hectare, o acréscimo foi de 16%. Cassilândia, a 436 km da Capital, aparece em segundo lugar no ranking, com 65,38 sc/ha.

De acordo com a Aprosoja/MS, a produção do grão da oleaginosa no estado teve aumento de aproximadamente 12% em relação à safra passada.  Em cinco safras, entre 2014 a 2018, o volume produzido cresceu 47,89%.

Esse aumento é resultado do investimento tecnológico feito por agricultores do estado. “Os produtores vêm investindo em agricultura de precisão com adubos mais elaborados e sementes mais resistentes a pragas, isso traz menos danos à plantação”, afirma o analista técnico do Sistema Famasul, Leonardo Carlotto.

Confira o boletim técnico na íntegra aqui!