O destino da droga seria o Porto de Santos – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na noite desta quarta-feira, 18, em Dourados, 250 quilos de cocaína escondidos sob uma carga de milho de uma carreta. O prejuízo para o narcotráfico é de R$ 4 milhões.

No km 7 da BR-463, os policiais rodoviários federais abordaram um caminhão I/Sinotruck A7, acoplado a um reboque, ambos com placas de Itapoá/SC. O motorista, de 40 anos, mostrou-se nervoso com a abordagem, levantando as suspeitas da equipe.

Após a abordagem, a equipe encaminhou a carreta até a Unidade Operacional da PRF em Dourados, onde a equipe do Grupo de Operações com Cães (GOC) da PRF auxiliou na busca do entorpecente. Os cães indicaram um fundo falso sob a carga. O caminhão foi encaminhado para o descarregamento na manhã desta quinta-feira (19). Após o procedimento, foi realizada a apreensão de 221 tabletes de cocaína.

O condutor declarou que não sabia da existência do ilícito no caminhão. Disse também que viajaria até Maringá/PR para entregar o milho, depois receberia outra carga para viajar até Paranaguá/PR. Pelo serviço de transporte, receberia R$ 2.000 (dois mil reais). Ele disse também ser proprietário da carreta desde novembro de 2018, e que trabalha como caminhoneiro desde 2008.

A carreta, juntamente ao envolvido e a cocaína, foram encaminhados para a Polícia Federal em Dourados.