Clube do trabalhador e prédio da antiga Escola do SESI serão ponto de vacinação contra a covid-19 em Campo Grande

Ação integra compromisso em contribuir para que o combate à pandemia ocorra de forma ágil e segura

FIEMS cedeu estruturas para agilizar vacinação – Assessoria

Como parte do compromisso social da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul no combate à pandemia provocada pelo coronavírus, a estrutura do Clube do trabalhador do SESI e da antiga Escola do SESI, localizados no bairro José Abrão, foram cedidos para receberem pontos de vacinação contra a covid-19. Nesta terça-feira (13/04), uma equipe da Prefeitura de Campo Grande foi até o local para uma visita técnica para avaliação da estrutura.

O chefe de gabinete da Presidência da FIEMS, Robson Del Casale, destacou a preocupação da Federação com a saúde de toda a comunidade e a participação em ações de combate a pandemia. “Desde o primeiro momento o sistema FIEMS está à disposição das autoridades em saúde e colocou toda a sua estrutura não só em Campo Grande, mas nos municípios do interior à disposição para que possamos colaborar com o combate à covid-19. Foi assim com a distribuição de máscaras, álcool, reparo de equipamentos hospitalares, protocolos de biossegurança dentro das indústrias e, agora, colocando à disposição estruturas físicas para auxiliar na campanha de vacinação. Isso foi uma determinação clara do presidente Sérgio Longen para atendermos à demanda da prefeitura para que a vacinação aconteça da forma mais ágil possível”.

Durante a visita técnica a equipe da Secretaria Municipal de Saúde avaliou a possibilidade de instalação de um posto fixo de vacinação no prédio da antiga escola do SESI e, também, um espaço para receber um ponto em sistema drive-thru. Com localização estratégica, o espaço poderá atender vários bairros, abrangendo duas importantes regiões da Capital: Região do Segredo e Imbirussú.

A superintendente da rede de atenção à saúde de campo grande, Ana Paula de Lima Resende, destacou a qualidade da estrutura e explicou que a proposta deve ser encaminhada para a equipe de engenharia e arquitetura da prefeitura que elabora o projeto de implantação. Para ela, “neste momento é de suma importância a iniciativa do setor privado em apoiar a prefeitura, porque é um momento de vacinação em massa, é uma vacinação que vai durar muito tempo. São de extrema importância essas parcerias para podermos ampliar os pontos de vacinação e dar acesso à população. Nós esperamos em 15 dias ter essa resposta e avançar no projeto”.

Só na Capital, até nesta terça-feira, 143.789 mil pessoas já receberam a primeira dose da vacina e 49.116 a segunda dose. Esses números representam 15% da população. Hoje são 60 pontos de vacinação em Campo Grande entre unidades de saúde e drive-thru.

Centro de Convenções e Exposições Albano Franco

Esse não é o primeiro espaço cedido pela FIEMS à prefeitura da capital para receber um ponto de vacinação contra a covid-19. Na última quarta-feira (07/04), o Centro de Convenções e Exposições Albano Franco começou a funcionar como ponto de imunização em sistema drive-thru, com capacidade de aplicação de duas mil doses ao dia.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.