Ruas ficaram alagadas na Vila Popular – Foto: Direto das Ruas

A forte chuva que caiu na madrugada desta quarta-feira (13) em Campo Grande, deixou moradores da Vila Popular ilhados. Pelo menos 10 famílias da Avenida Rádio Maia dizem que perderam tudo.

O aposentado Manoel dos Santos, 67 anos, que mora no bairro há anos, disse ao Campo Grande News que a chuva começou por volta das 00h e, desde então, ele está em claro com outros vizinhos. ”Estou desde a madrugada sentado na varanda cuidando a chuva. A água veio de repente e encheu tudo, chegou a bater na cintura”, explicou.

Segundo o aposentado, várias famílias perderam tudo o que tinham. ”Foi destruição total. Em relação aos bens materiais, perdemos quase tudo. A água invadiu as casas, não deu tempo de salvar nada. Perdemos até mantimentos”, garantiu.

Conforme o morador, há oito anos o bairro não sofria com esse nível de alagamento. ”A gente não pode fazer nada. Estamos em uma situação a Deus dará”, lamentou.

Nesta madrugada, o bairro Santo Antônio também sofreu com alagamentos causados pela intensa chuva. As UBS (Unidades Básicas de Saúde) da Vila Fernanda e do Bonança, também foram invadidos pela água.

Também há registros de pontos de alagamentos na região da avenida Guaicurus, Nova Lima e Los Angeles. Já próximo a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), os moradores do bairro North Park e também no Cohafama ficaram sem energia.

Pancadão – No período de duas horas, a estação do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), registrou 45,4 milímetros de precipitação. No começo da manhã, foram duas pancadas de chuva. A estação fica localizada na saída para Aquidauana, mesma região da Vila Popular.

De acordo com Helena Turon Balbino, meteorologista do Inmet, o tempo chuvoso prossegue até amanhã. Característica do Verão, as tempestades resultam do encontro das massas de ar mais fria e seca com o ar quente que vem da região Norte. “É o sistema típico do nosso Verão”, diz.