Nesta segunda-feira (02/03), começam a ser feitas as declarações de Imposto de Renda 2020, exercício 2019, que seguem até o dia 30 de abril. Uma das opções do contribuinte é fazer o processo via e-CPF, a identidade digital da pessoa física no meio eletrônico, que garante mais segurança ao processo. Em Mato Grosso do Sul, a Fecomércio-MS, por meio da Certisign, oferece aos empresários e à população em geral o certificado digital e-CPF a partir de R$ 120,00

Segundo a gerente de Produtos e Serviços da Fecomércio-MS, Audrea Cortes, a certificação digital oferece a praticidade de validar o acesso do consumidor ao ambiente seguro da Receita Federal, além de escolher as formas mais fáceis de transmitir as informações, com menos chance de erro.

“É possível acessar o portal e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte) da Receita Federal, sem a necessidade de cadastro prévio, e fazer a declaração via online, sem precisar baixar o programa. A pessoa pode baixar uma declaração pré-preenchida e só conferir ou completar os dados vinculados ao seu CPF, que o governo já recebeu, com as informações das fontes pagadoras, minimizando as chances de inserir informações equivocadas”, explica.

O e-CPF também pode ser utilizado para assinar documentos com validade jurídica, dar andamento aos serviços oferecidos pelos governos estadual e federal, acessar o eSocial e o Conectividade Social, além de ser usado em participações de pregões eletrônicos.

IRPF 2020 – Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. Neste ano, as restituições serão pagas em cinco lotes, a partir do mês de maio. A multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo será correspondente a 20% do imposto devido.

Mais informações pelo telefone (67) 3311-4441.

Anúncios de Sucesso no Instagram - Manual Completo Para Anunciantes Obterem O Máximo Do Instagram Gastando O Mìnimo