sexta-feira, 24/maio/2019 - 16:11
Home Colunistas Página 34

Colunistas

Os mais variados temas sob a ótica de quem entende. Nossos colaboradores/parceiros expõem suas opiniões sobre os assuntos que mobilizam nosso País.

Saber querer, de acordo com Jesus

Por Paiva Netto Jesus é o Cristo Ecumênico, o Estadista Supremo, porquanto apenas o pensamento divinamente universalista pode propor a existência de uma sociedade em que os seres humanos se respeitem em tamanho grau de Fraternidade. Impossível?! Jamais! Estamos perante uma simples questão de saber querer, passe o tempo que for necessário. Imprescindível é que perseveremos em Cristo Jesus, como Ele...

Orar fortalece a quem ora

Por Paiva Netto  Paulo Apóstolo, em sua Epístola aos Romanos, 8:38 e 39, com grande eloquência, nos revela que “nada nos poderá separar do Amor de Deus”; portanto, da Essência do Criador, que é a Sua verdadeira e única Face a se manifestar em todos os Universos, porquanto o deus humano, com seus inúmeros defeitos, em nada O representa,...

Não se aposente da vida

Paiva Netto Por ocasião do Dia dos Avós, comemorado em 26/7, recordei-me de minha saudosa vó Laura. Viveu nesta encarnação 99 anos, lúcida, ativa e juvenil. Veio a falecer — vejam vocês o dinamismo dela — alguns dias depois de voltar da feira, e por causa de um acidente quando retornava para casa. Com sua sabedoria, adquirida nos longos...

Educação com Espiritualidade Ecumênica

Por Paiva Netto A ausência de Solidariedade, de Fraternidade, de Generosidade tem suscitado grande defasagem entre progresso material e amadurecimento espiritual e moral. Daí o nosso fraterno alertamento: é hora de aplacar as paixões. Se, apenas como argumento, o Brasil não progredir, os maiores perdedores serão os brasileiros. Além do mais, é sempre hora de superar ressentimentos. Entretanto, não...

Motivação 100% – O DNA do Sucesso!

Por Gilclér Regina O DNA do sucesso chama-se comprometimento. O mundo de hoje é frio, calculista e as relações estão cada vez mais difíceis. Por insegurança ou mesmo conforto, as pessoas estão cada vez mais se distanciando. Os serviços “delivery” estão a todo vapor em farmácias, pizzarias, autopeças e outros... Hoje, ao invés de lojas e shoppings, vemos uma verdadeira...

Religiosos e médiuns

Por Paiva Netto Do excelente livro Mediunidade dos Santos, de Clóvis Tavares (1915-1984), dentre inúmeros casos, destaco este em que são transcritas palavras do padre e maestro Lorenzo Tardy, biógrafo de Santa Clara de Montefalco (aprox. 1268-1308), na obra Vida de Santa Clara de Montefalco — Da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho, publicada em 1881: “Agradou-se ainda Deus de...

As obrigações do prefeito

Por Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves A obrigação básica do administrador púbico, especialmente o prefeito, ao assumir a função, é manter em funcionamento todos os equipamentos e serviços recebidos do seu antecessor. Cumprido esse encargo, pode ele partir para os seus projetos específicos, entre os quais aqueles que constituíram as promessas de campanha e conquistaram os votos do eleitorado. Fracassa...

O choque entre os poderes da República

Por Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves A já esperada reação da Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ), de soltar o seu presidente e dois deputados que a Justiça mandou prender, abre uma preocupante discussão. O Ministério Público pede a invalidação da sessão porque não foi permitida a presença de público nas galerias, e três partidos - Psol, PR e Podemos –...

Um ano para fazer mudanças

Por Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves Apesar de já termos assistido a instalação do ano judiciário e de o ano legislativo ser aberto nesta segunda-feira (05-02), ainda não dá para dizer que 2018 começou efetivamente. Até porque se tornou voz corrente que o ano só começa, no Brasil, depois do Carnaval, que ocorrerá entre os próximos sábado e quarta-feira. Depois...

A recuperação e a libertação de apenados

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves Embora possua vastíssimo ordenamento jurídico – a começar pela Constituição, de 250 artigos – o Brasil padece de eficiência na aplicação e execução das sentenças. Mesmo condenado a penas elevadas, assim que começa a cumprir, o réu passa a receber benefícios que vão encurtando o tempo de reclusão, o que, para uns, constitui humanização da...