Cassems entrega cobertores arrecadados em ação solidária de colaboradores

Foram doados 130 cobertores para quatro instituições sociais da capital – Divulgação

Na última quarta-feira (07), a Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) fez a entrega de 130 cobertores, que foram arrecadados no Arraiá Solidário Cassems, para três instituições sociais que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade. As entidades ajudadas foram: Projeto Pingo do Céu, Asilo São João Bosco, Asilo Recanto Feliz e Aprendizes do Bem.

O projeto Pingo do Céu atende crianças do bairro Jardim Noroeste com atividades de lazer, auxílio nas tarefas escolares e ações no contraturno da escola, além do fornecimento de lanches e doações para as famílias da comunidade. A presidente e coordenadora do Projeto Pingo do Céu, Josilene Melo, explica que o programa acontece há cinco anos com o objetivo de suprir algumas das necessidades das crianças participantes.

“Para tirar as crianças da comunidade da ociosidade, durante o contraturno escolar, realizamos um trabalho de contação de histórias. Antes, vínhamos no sábado, mas vimos que a necessidade era bem mais gritante e que precisávamos estar aqui dentro para contribuir mais. A necessidade é grande e sabemos que fazemos muito pouco, mas esse pouco faz a diferença na vida das crianças”

Josilene afirma que, além das atividades, a instituição possui uma brinquedoteca e uma biblioteca para recreação. A presidente agradece as doações da sociedade civil, incluindo os colaboradores da Caixa dos Servidores. “Esse ano não tivemos tantas doações de cobertores, eles vieram em boa hora, por meio da Cassems. É uma ajuda significativa para quem tem muito pouco. Agradeço à coordenação do plano de saúde por incentivar os seus funcionários a doar”.

O Asilo São João Bosco, que também recebeu as doações dos colaboradores da Cassems, atua há mais de 95 anos no atendimento de pessoas da terceira idade de Campo Grande e, atualmente, abriga 67 idosos carentes e proporciona assistência alimentar, ambulatorial, psicológica, odontológica, fisioterapêutica e social. Gersino José dos Anjos, presidente da entidade, explica que a instituição cuida 24h dos abrigados e conta com um trabalho integral de voluntários para atender às demandas.

“Precisamos de toda a ajuda possível, agora estamos bem servidos com cobertores, a sociedade atende bem ao nosso apelo. São vidas que tem aqui, precisamos de um tratamento contínuo. A nossa sociedade entende isso e contribui bastante. Os cobertores vieram em boa hora, os idosos sentem mais frio que qualquer um neste frio e a doação foi muito bem vinda”.

O Recanto Feliz atua há 15 anos com profissionais voluntários da saúde e também, de outras áreas, para fornecer segurança e conforto aos idosos atendidos. A presidente da entidade, Vilma Torres, salienta que a Cassems contribui há quatro anos com doações. “A classe de idosos vai crescendo cada vez mais, então temos que nos preparar. O Recanto Feliz fica muito grato com as doações recebidas. Existem muitas pessoas boas juntas e contamos com a ajuda delas. Agradeço ao pessoal da Cassems”.

Outra instituição ajudada com a doação de cobertores é o Aprendizes do Bem, que atende cerca de 50 famílias com entrega de cestas básicas, aulas de reforço escolar, informática, oficinas de corte e costura e artesanato.