Nos primeiros quatro meses deste ano, a captação do leite em Mato Grosso do Sul somou 65,3 milhões de litros, com queda de 1,2% em relação ao ano anterior, quando o volume produzido totalizou 66 milhões de litros.

Os dados se referem ao total captado pelas indústrias inscritas no SIF – Serviço de Inspeção Federal e são destaques da editoria ‘Mercado Agropecuário’ desta segunda-feira (24).

Com a queda no volume o preço registrou alta de 9% entre 2018 e 2019, passando de R$ 0,95 para R$ 1,04 o litro, segundo o Conseleite.

A analista técnica do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Eliamar Oliveira, explica o mercado lácteo no estado.  “Mesmo estando na entressafra, o movimento de alta no preço do leite pago ao produtor perde força a partir de maio. Os fundamentos estão nas condições de demanda e também na concorrência do produto importado com a produção brasileira. As importações de lácteos, nos cinco meses de 2019, somaram 67 mil toneladas, volume 52% superior ao igual período de 2018”.