Vereadores e prefeita Délia durante entrega da proposta orçamentária de 2020 na Câmara – Foto: Filipe Prado

O projeto de lei prevê o valor de R$ 1,1 bilhão para o próximo ano

A Câmara Municipal de Dourados recebeu na manhã desta segunda-feira, 14, a prefeita Délia Razuk (PTB), para a entrega do projeto de lei com a proposta do orçamento municipal para o exercício financeiro de 2020. O valor estimado é de R$ 1.110 bilhão. O documento será analisado e apreciado pela Casa de Leis.

Conforme a prefeita, o documento contempla ajustes no orçamento, com pretensão de investimentos e um aumento na receita de 9%. “O prospecto foi elaborado pela equipe técnica da administração municipal em cima de análises técnicas após detalhado estudo da receita e despesa do município nos anos anteriores. Temos uma projeção de desenvolvimento”, afirmou.

A expectativa, de acordo com Délia, é a execução de todo o orçamento previsto para o próximo exercício financeiro. “Dourados está crescendo, é uma referência, temos mais de 200 mil habitantes. Todo orçamento elaborado pela equipe foi muito bem estudado e esperamos a aprovação dos vereadores. Os poderes têm que trabalhar em conjunto”, ressaltou.

O presidente da Câmara, vereador Alan Guedes (DEM), agradeceu a visita da prefeita e enfatizou o compromisso que Dourados tem enquanto “principal cidade do interior”. “Dourados está em pleno desenvolvimento, com grande potencial econômico, é uma cidade polo e precisamos nos consolidar como tal. Com todo respeito às demais cidade do interior, o protagonismo regional é nosso. Precisamos assumir a obra do aeroporto, potencializar o nosso terminal de cargas e a aprovação de um orçamento passa por isso”, mencionou.

Alan Guedes informou que a proposta orçamentária será encaminhada para análise das comissões permanentes e, posteriormente, haverá uma audiência pública para então, ser levada à votação em plenário. “O intuito é terminar todo o procedimento e que a publicação seja feita até o recesso de fim de ano, previsto para começar em 20 de dezembro”, destacou.

Participaram da reunião os vereadores Sergio Nogueira (PSDB), Braz Melo (PSC), Olavo Sul (Patriota), Maurício Lemes (PSB), Bebeto (PL), Idenor Machado (PSDB) e Junior Rodrigues (PL), e ainda, o secretário municipal de Fazenda, Carlos Dobes Vieira.