Câmara Municipal recebe instituições para falar sobre adoção e alimentação saudável em Dourados

Duas instituições usaram a tribuna livre na sessão ordinária – Foto: Thiago Morais

A Câmara de Dourados recebeu duas instituições na tribuna livre da sessão ordinária desta segunda-feira (21). Enquanto o Comsea (Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional) apresentou o Plano Municipal de Segurança Alimentar, o Acolher (Grupo de Apoio à Adoção) falou sobre o Dia Nacional da Adoção, comemorado no dia 25 de maio.

De acordo com a presidente do Comsea, Veronica Gronau Luz, o conselho foi criado há pouco tempo, sendo que ainda está em processo de estruturação, assim como o Plano Municipal de Segurança Alimentar. “Nós temos o papel é efetivar este plano, para isso precisamos ter um diálogo aberto com a sociedade, para que nos ajudem na escrita deste plano”, comentou.

Daniela Hall (PSD), presidente da Casa de Leis, ressaltou o apoio da Câmara Municipal ao Conselho, para que “no futuro, todos tenham uma mesa com alimentos saudáveis”. O vice-presidente, Sergio Nogueira (PSDB), apontou que com esta junção de esforços, Mato Grosso do Sul estará preparado para produzir a melhor alimentação do país, exportando assim para outros estados e países.

Continuando os trabalhos, a secretária do Acolher, Lourdes Missio, apresentou o grupo para os vereadores da Casa de Leis, expondo o trabalho realizado em Dourados. “Nós somos um grupo que trabalha para que todas as crianças tenham uma família”, comentou.

“Temos atuado ativamente na cidade, sendo um grupo que debate questões relacionadas à adoção, dando suporte às famílias que queiram adotar”, completou a secretária do grupo.

A presidente da Casa afirmou que é uma entusiasta da adoção, pois possui dois irmãos adotivos em sua família, com isso parabenizou o trabalho realizado pelo grupo no município. “Não faço diferença dos meus irmãos, o amor e o carinho são os mesmos”, frisou Daniela.