Câmara de Dourados realiza homenagem ao Dia Internacional das Mulheres

Vereadores durante discurso em homenagem às mulheres – Foto: Thiago Morais

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a Câmara Municipal de Dourados ofereceu às servidoras uma manhã de homenagens. As mulheres da Casa de Leis participaram de palestra sobre saúde, sendo presenteadas com limpeza de pele, dicas de automaquiagem, e ainda compareceram a um café da manhã.

No hall de entrada da Casa de Leis, as mulheres da Casa foram reunidas para comemorarem o seu dia. Durante discursos, a vereadora Marinisa Mizoguchi (PSB) lembrou sobre o fato histórico de que, pela primeira vez, três mulheres compõem o Plenário. “Ainda sonho com 50% da Câmara composto por mulheres”, destacou.

“A vida da mulher não é fácil e tenho a consciência da importância dela na sociedade. Por isso temos que avançar ainda mais. Parabenizo todas as mulheres que, mesmo com lutas, nós possamos escrever uma linda história e deixar nosso legado como mulher”, completou.

A vereadora Lia Nogueira (PR) também parabenizou as mulheres, destacando que neste dia é importante ressaltar o respeito e o protagonismo feminino na sociedade. “Esse dia também é de reflexão, pois Mato Grosso do Sul tem liderado o número de feminicídios no Brasil”, apontou. “São temas que precisam avançar, porque o lugar da mulher é onde ela quer estar. Não é atrás de um homem, mas sim ao seu lado. Temos que lembrar que não nascemos para ser coadjuvantes, mas protagonistas da nossa história”, complementou.

A 2ª secretária da Casa de Leis, vereadora Daniela Hall (PSD), também discursou durante a homenagem. Ela relembrou o fato de três mulheres exercerem o cargo de vereadora na Casa de Leis, simultaneamente, assegurando que as três têm o dever de inspirar ainda mais mulheres a seguirem o caminho da política.

“Temos o dever e o desafio de, na próxima eleição, eleger mais mulheres para a Câmara, pois nós temos um olhar diferente, que soma com o dos homens que também estão na Casa. Que vocês, mulheres, continuem o bom trabalho que sempre fazem nesta Casa”, frisou Daniela.

Ainda antes do café da manhã, o presidente da Câmara de Vereadores, Alan Guedes (DEM), lembrou que, atualmente, as mulheres exercem a maioria dos cargos de chefia na Casa de Leis, sendo, para ele, a expressão do empoderamento feminino dentro do Poder Legislativo de Dourados. “Elas exercem um trabalho especial, com um olhar diferenciado e carinhoso”, garantiu.

“Hoje é dia de luta, de memória, de enxergar que as mulheres passam por violências cotidianas e que, muitas vezes, são invisíveis aos olhos dos homens. Isso é sério. Por isso é um dia de reflexão. Que elas tenham ainda mais respeito, atenção e que possam cumprir a sua missão com dignidade”, acrescentou o presidente.

Os vereadores Sergio Nogueira (PSDB), Elias Ishy (PT), Marcelo Mourão (PRP), Olavo Sul (Patriota), Junior Rodrigues (PR), Juarez de Oliveira (MDB) e Bebeto (PR) também participaram das homenagens.

O deputado estadual José Carlos Barbosa “Barbosinha” (DEM) também estava presente na comemoração. “O nosso Estado tem um paradoxo. É um dos estados que mais empodera mulheres, porém possui um dos maiores índices de violência contra a mulher. Por isso precisamos refletir, apesar de ser um importante dia de comemoração”, observou o deputado.

Após as homenagens, as mulheres da Casa ainda participaram de uma palestra sobre a saúde da pele e foram presenteadas com limpeza de pele e dicas de automaquiagem. “Este é um dia para elevar a autoestima das mulheres, dando este presente em forma de carinho. Nós percebemos que a autoestima da mulher é ligada à felicidade e à descontração, por isso nós estamos aqui para transformar o sorriso delas”, apontou a promotora de produtos de beleza, Fabiane Câmara.

Além da limpeza de pele, as mulheres ainda tinham produtos de beleza à disposição. A cerimonialista da Casa de Leis, Tatiani Lazzarini Marçal, trabalha há 12 anos no Poder Legislativo e foi uma das servidoras que participou do tratamento.

“Estes serviços que foram oferecidos pela Câmara são muito importantes para nós, porque a mulher tem a preocupação de cuidar do outro, do marido, do filho, da família, e acaba esquecendo-se de cuidar dela mesma. Com esses cuidados vamos trabalhar felizes e realizadas”, reconheceu Tatiani.