Caarapó se destaca na área de Saúde com investimentos acima da média nacional

Aquisição de veículos para reforçar a rede municipal de saúde de Caarapó exemplificam os investimentos o setor; ônibus são da área de educação – Divulgação

Valor mensal aplicado em saúde por habitante do município é de R$ 70,93, ante R$ 58,16 da média estadual e R$ 40,57 do valor médio nacional

O município de Caarapó vem superando a média estadual e nacional em investimentos na área de saúde. É o que revela o SIOPS – Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde, sistema informatizado de alimentação obrigatória e acesso público, operacionalizado pelo Ministério da Saúde, instituído para coleta, recuperação, processamento, armazenamento, organização, e disponibilização de informações referentes às receitas totais e às despesas com saúde dos orçamentos públicos em saúde. O sistema possibilita o acompanhamento e monitoramento da aplicação de recursos em saúde, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

De acordo com o sistema, a saúde pública de Caarapó tem investimentos mensais da ordem de R$70,93 por habitante, superando a média das cidades do Estado, que é de R$ 58,16, e bem acima do valor médio das cidades brasileiras, de R$ 40,57.

O prefeito André Nezzi fez, recentemente, uma prestação de contas informal dos investimentos em saúde pública promovidos pela administração municipal. De acordo com o dirigente, esta área absorve mensalmente em torno de R$ 2,170 milhões. A exigência legal é que o município deve aplicar, por mês, no mínimo 15% da sua receita em saúde, mas em Caarapó esses investimentos são quase o dobro previsto em lei. “Somente no ano passado o investimento foi de 29,22%, quase o dobro do que é exigido e acima dos 25% gastos com a Educação, que tem o segundo maior orçamento”, explica o prefeito, acrescentando ainda que o restante é dividido entre obras e investimentos, assistência social, agricultura e desenvolvimento econômico, planejamento, parte administrativa, esportes, gabinete, compras e finanças, entre outros.

Para exemplificar o destino dos investimentos, André Nezzi pontuou que recentemente a prefeitura reforçou a frota da Secretaria de Saúde com a compra de cinco novas ambulâncias grandes – outras duas ainda vão ser adquiridas -, uma UTI móvel, sete novos veículos, dois aparelhos de raios-x digitais, um arco cirúrgico, um aparelho de ultrassom e dois respiradores, entre outros.

“Também reforçamos a equipe de profissionais com a contratação de ortopedista e neuropediatra, profissionais que não possuíamos na nossa rede de saúde; mais um pediatra; mais uma fonoaudióloga; e três novos clínicos gerais”, destacou o prefeito, pontuando ainda que foi ampliado o atendimento médico semanal em Cristalina e Nova América de dez para 20 horas. “Quanto ao Hospital São Mateus, aumentamos significativamente o repasse para plantões, inclusive com contratações de anestesista – para o Opera MS, e pediatra”, sublinhou o dirigente.

O prefeito de Caarapó destaca também a farmácia básica da rede municipal de saúde, que tem trabalhado no mínimo com 90% dos medicamentos exigidos, “chegando a faltar alguns somente por conta de processos licitatórios ou atraso de fornecedores”, justifica o prefeito. “Praticamente acabamos com aquelas longas filas de espera para realização de exames e ressonâncias, entre outros”, esclarece.

O dirigente caarapoense informa ainda que já está acertada para o fim deste mês a retomada das obras de reforma e ampliação do Hospital São Mateus e que já estão assegurados os recursos para construção de um novo posto de saúde no bairro Capitão Vigário, já está autorizada a reforma do ESF-V e já está sendo elaborado o projeto para reforma e ampliação do PAM. Além disso, já está sendo licitada a compra de mais uma van e um micro-ônibus para transporte de pacientes e de mais duas novas ambulâncias.

“Infelizmente, o investimento feito na área da saúde não aparece como em obras de asfalto, por exemplo. Mas em Caarapó, desde que assumimos, a bandeira número 1 da administração tem sido cuidar da saúde da nossa gente. Repetimos: o maior investimento do orçamento da Prefeitura é na saúde. Já avançamos muito, mas também sabemos que temos muitos desafios a vencer, porém, até o final do nosso mandato, teremos ainda muito mais para apresentar a todos vocês e fazer a comparação de como era e como está esse nosso setor, sem ter medo de comparar com nenhuma outra cidade do Estado”, avaliou o prefeito André Nezzi.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.