Bruno Henrique prega respeito ao Tigre e admite pressão do Palmeiras na Libertadores

Palmeiras já está na Argentina em preparação para a estreia na Liberta – Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O Palmeiras faz a sua estreia pela Libertadores nesta quarta-feira contra o Tigre, equipe que atua na segunda divisão do futebol argentino. Nesta terça, o volante Bruno Henrique concedeu entrevista coletiva e pregou respeito ao adversário.

“O fato de o Tigre estar na segunda divisão não é demérito nenhum. Eles são um time forte, sobretudo em casa. Estão jogando a Libertadores, já jogamos aqui e não conseguimos o resultado. Sabemos que é difícil jogar aqui. Temos de entrar com muito respeito. Estamos em outro momento, é outro time. Vamos respeitar, mas fazer de tudo para conquistar a vitória”, pontuou.

Apesar de estar na segunda divisão, o Tigre conseguiu a vaga na Libertadores por ter conquistado a Copa da Superliga Argentina em 2019. Ainda assim, Bruno Henrique preferiu não aceitar o favoritismo para o time do Palmeiras.

“Acho que não temos que pensar nisso, temos que saber da nossa força, do nosso elenco, mas não podemos entrar pensando nisso. Quando a bola rola, isso acaba. Vamos entrar com muito respeito pelo time deles, mas impondo nosso ritmo e buscando a vitória sempre”

Um dos jogadores mais experientes do elenco, o volante comentou também sobre a pressão do Verdão para voltar a conquistar o principal torneio do continente. Bruno Henrique citou a eliminação para o Boca Juniors na semifinal de 2018 como lição para os palmeirenses.

“Sabemos que no Palmeiras tem pressão grande, não só pela Libertadores. Os jogadores já estão mais calejados e sabem da pressão gigantesca que existe. Estamos mais tranquilos para lidar com isso. Teve aquela eliminação com o Boca, na semifinal, tomamos dois gols em cinco minutos. Temos que levar de lição. Cada jogo é diferente, temos que estar preparados, levar de lição para chegar na final que é o que mais queremos”, finalizou.

O Palmeiras já está na Argentina em preparação para a estreia na Liberta. Contra o Tigre, nesta quarta-feira, a bola rola às 19h15 no Estádio Monumental Victoria. O grupo do Verdão ainda conta com Bolívar, da Bolívia, e Guaraní, do Paraguai.

Da Gazeta Esportiva