Segundo o vice de futebol, é preciso ter calma em uma negociação complicada como a do atacante e destacou que segue tendo o mesmo sentimento pelo atleta

Artilheiro do Flamengo na temporada passada, Gabigol ainda não teve o futuro decidido para 2020. O Rubro-Negro espera finalizar a compra do atleta, mas sofre com a dificuldade em negociar com os italianos.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, 23, o vice de futebol Marcos Braz preferiu manter a tranquilidade pela contratação – os valores girariam em torno de 20 milhões de euros, cerca de R$ 93 milhões. Só que o dirigente admitiu que o ‘tempo está passando’ para o Rubro-Negro, que tem os atletas se reapresentando na segunda-feira.

“O que eu sinto pelo Gabriel é o que sinto há três semanas, o mesmo que sentia no início do ano. (Tem que) Respeitar a posição dos clubes e das pessoas. Em um primeiro momento, o Gabriel entendeu que não deveria conversar, no segundo momento, o Flamengo entendeu que não deveria. No terceiro, a Inter fez questões nesse processo todo. Tem que ter tranquilidade”, explicou o cartola, completando:

“O tempo está passando, os prazos estão aí, a apresentação na segunda-feira, com todos os atletas, mas o Gabriel hoje é da Inter e tem que respeitar. Se for possível (contratar), vocês vão ver um sorriso melhor. Estou tranquilo”, finalizou.

Da Fox Sports

Governo de MS - IPVA