Brasil registra queda de 25% nos óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias

Dados do último Boletim Epidemiológico também apontam redução de cerca de 10% nas notificações de novos casos, nas duas últimas semanas, mantendo tendência de queda nos registros da doença

Os números vêm caindo a cada semana – Foto: Saul Schramm

Na semana em que o Brasil alcança a marca de 90% de pessoas recuperadas da Covid-19, o país também apresenta nova queda nos registros de óbitos e de casos confirmados da doença. Dados do Boletim Epidemiológico nº 37 do Ministério da Saúde, apresentado nesta quinta-feira (29) durante a Comissão Intergestores Tripartite (CIT), apontam queda de 25% na média de registros de óbitos no país, passando de 4.211 notificações (4 a 10/10) para 3.228 (18 a 24/10). A queda também se estende aos registros de novos casos confirmados da doença no mesmo período. De acordo com o novo boletim, o país apresentou redução de 9% na média de casos, passando de 175.804 (4 a 10/10) para 156.273 registros (18 a 24/10).

“Quando analisamos os dados do país como um todo é possível observar essa tendência de redução dos números de casos e óbitos na maior parte do Brasil. Os números vêm caindo a cada semana. Temos que agradecer aos profissionais de saúde, que estão à frente e dedicam todo o tempo para essa nova realidade”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros.

Outro tema abordado na CIT foi a vigilância laboratorial do novo coronavírus. Desde o início da pandemia, em março de 2020, o diagnóstico laboratorial se destacou como uma ferramenta essencial para confirmar os casos e, principalmente, para orientar estratégias de atenção à saúde, isolamento e segurança para profissionais de saúde. O Ministério da Saúde está realizando todas as ações necessárias para garantir a continuidade das testagens nos estados.

Entre as ações para ampliar as testagens, a pasta lançou o Programa Diagnosticar para Cuidar que busca a ação integrada da Vigilância em Saúde e da Atenção Primária e Especializada à Saúde para identificar e tratar precocemente os casos de Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e diagnosticar laboratorialmente a Covid-19. Além disso, foi ampliada a recomendação de testagem para todos os casos suspeitos de Covid-19 e para profissionais de saúde.

Até 24 de outubro, foram distribuídos quase 8 milhões de testes RT-qPCR para todos o país. Já foram realizados mais de 17 milhões de exames para Covid-19, entre PCR e sorológicos. Nas últimas cinco semanas (Semanas Epidemiológicas 37 a 41) foram realizados uma média de 27 mil exames por dia.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.