Brasil recebe neste final de semana lote com 4 milhões de doses de vacina

Marcelo Queiroga explicou que remessa é proveniente do consórcio Covax Facility. Neste sábado (1º), chegam 200 mil doses

Nova remessa de vacinas de Oxford/AstraZeneca é fruto do consórcio Covax Facility – Foto: Reuters

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou a chegada ao Brasil, neste fim de semana, de uma remessa de 4 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, fruto do consórcio internacional Covax Facility. Em 17 de abril, o governo já havia anunciado a chegada das vacinas a partir de maio. As informações são do R7.

“Teremos neste fim de semana a chegada de 4 milhões de vacinas AstraZeneca oriundas do Covax, sendo 200 mil doses neste sábado (1º). No domingo (2), em dois voos, serão dois lotes: o primeiro com 1,7 milhão de doses e o segundo com 2,1 milhões de doses”, informou em pronunciamento à imprensa nesta sexta-feira (30).

Durante coletiva de imprensa conduzida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Queiroga pediu aos países com doses excedentes da vacina que compartilhem os imunizantes com o Brasil. O ministro também negou atrasos nas imunizações e afirmou ser possível terminar 2021 com toda a população brasileira vacinada.

17 milhões em seis dias
Queiroga destacou ainda que, com as entregas da remessa do Covax Facility neste final de semana, o país terá recorde de recebimento de vacinas, somando 17 milhões nos últimos seis dias. Entram nesta conta 1 milhão de doses da Pfizer recebidas ontem e doses produzidas nos últimos dias pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Instituto Butantan.

O primeiro lote de vacinas da Pfizer deve ser distribuído na segunda-feira (3) para as capitais, segundo o secretário executivo da pasta, Rodrigo Cruz. “Para não se sobrecarregarem com os estoques, os estados e municípios em conjunto com o governo federal pactuaram que vacinas Pfizer serão encaminhas na segunda-feira para as 27 capitais”, afirmou.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.