Botafogo enfrenta o Nacional mirando bom resultado para a volta no Rio

O Botafogo enfrenta o Nacional do Uruguai nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Parque Central, em Montevidéu, capital do Uruguai, no encerramento da rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O Glorioso vem fazendo uma grande campanha na competição. Nas etapas preliminares eliminou Colo-Colo, do Chile, e Olimpia, do Paraguai, ambos campeões continentais no passado.

O feito botafoguenses parece não ter sido satisfatório para o time comandado por Jair Ventura, que na fase de grupos terminou em primeiro lugar na sua chave, deixando de fora das oitavas de final dois outros campeões: Estudiantes, da Argentina, e Atlético Nacional, da Colômbia, inclusive o atual detentor do caneco.

Agora, o Botafogo vai encarar o Nacional, tricampeão da Libertadores nos anos de 1971, 1980 e 1988, mas que na atual edição pensou para chegar até as oitavas, avançando em segundo lugar na chave vencida pelo Lanús, da Argentina, e onde a Chapecoense só foi eliminada por ter perdido pontos devido à escalação irregular de um jogador. Apesar disso, os botafoguenses pregam muito respeito ao rival.

“Trata-se de um campeão, de um time de muita tradição, copeiro e que está acostumado a disputar a Libertadores. Vamos mais uma vez ter um grande oponente, porém, agora estamos cada vez mais cientes de nossa força. Não é nada fácil enfrentar o Botafogo, pois também nos entregamos muito em campo”, disse o artilheiro Roger.

Da Gazeta Esportiva