Botafogo e Flamengo se enfrentam no Nilton Santos pela Copa do Brasil

Com a rivalidade cada vez mais aflorada, Botafogo e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em confronto válido pela rodada de ida das semifinais da Copa do Brasil. O choque de volta será na próxima semana, no Maracanã. Nos últimos anos os clubes têm se provocado nas redes sociais e as duas diretorias trocam farpas pela imprensa. Antes deste jogo, até o número de ingressos para os visitantes foi alvo de polêmica, já solucionada com um acordo entre os dirigentes.

O Flamengo levou a melhor no confronto direto até aqui, pois ganhou os dois jogos no Campeonato Carioca: 2 a 1 e 2 a 0, enquanto que o duelo pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro acabou empatado sem gols. Porém, o ano do Alvinegro tem sido mais satisfatório, pois o tão sonhado título da Libertadores foi sonho que ficou pelo caminho para os flamenguistas, com uma eliminação na primeira fase. O Alvinegro está nas quartas de final.

Enquanto montou um elenco caro, que não vem correspondendo, e viu o técnico Zé Ricardo ser demitido, o Flamengo vê Jair Ventura navegar em mares bem tranquilos no comando do Botafogo. O colombiano Reinaldo Rueda, técnico campeão da Libertadores de 2016 pelo Atlético Nacional, foi contratado e já treinou o time do Rubro-Negro para este confronto, mas ele é cauteloso. “Vamos enfrentar um Botafogo que chega em um grande momento e está mais forte. Mas temos que ser otimistas e realistas como sempre. Respeitando o DNA do Flamengo, vamos encontrar uma escalação capaz de ganhar”, disse Rueda.

Cautela que também é pregada por Jair Ventura. “Não existe isso de jogo tranquilo ou de favoritismo. É um clássico, uma rivalidade que é muito maior que qualquer homem e que tem mais de cem anos. Qualquer coisa pode acontecer”, afirmou Jair.

Os jogadores botafoguenses minimizaram o mau momento do adversário. “Nós sabemos que vamos encontrar um jogo, aliás, dois jogos muito complicados. Logicamente que o segundo pode ter alguma influência do que acontecer nesta quarta-feira. O certo, porém, é que estamos falando de um clássico, onde o equilíbrio fala mais alto em noventa por cento das vezes e dessa vez também deve ser assim. O favoritismo não existe e qualquer coisa pode acontecer quando a bola rolar”, disse o goleiro Gatito Fernández.

Já os atletas flamenguistas falam em fazer um jogo ousado. “Temos que ir a campo pensando em ganhar mesmo na casa do Botafogo, pois conhecemos bem o estádio deles e temos condições de fazermos um grande jogo, apesar do bom momento do rival”, disse o zagueiro Rever.

Em termos de escalação o Botafogo vai manter a base que vem atuando na Copa Libertadores e na própria Copa do Brasil. Luis Ricardo deve ser utilizado na lateral direita, já que Arnaldo não foi inscrito. Na mesma situação aparecem os meias Marcos Vinícius, Leonardo Valencia e o atacante Brenner.

Para este compromisso o Flamengo não pode contar com jogadores que não foram inscritos na competição, como o goleiro Diego Alves, o zagueiro Rhodolfo, o meia Everton Ribeiro e o atacante Geovânio. O atacante Paolo Guerrero, com lesão na coxa direita, é outro desfalque. Quem retorna é a dupla de meias composta por Diego e Everton, que cumpriram suspensão contra o Atlético-MG. Rueda talvez não consiga ficar no banco por conta de seu visto de trabalho. Se ele não conseguir a tempo o documento, o Rubro-Negro será dirigido por Jayme de Almeida.

Para chegar a esta semifinal o Botafogo eliminou nas quartas o Atlético-MG, ganhando em casa por 3 a 0 após derrota por 1 a 0 na ida. Os flamenguistas fizeram primeiro a lição de casa contra o Santos, vencendo por 2 a 0. Na volta, a derrota por 4 a 2 só não custou a eliminação por conta do gol qualificado.

Quem se classificar do duelo entre cariocas vai fazer a grande final da Copa do Brasil contra o vitorioso do choque entre Grêmio e Cruzeiro, que fazem a partida de ida também nesta quarta-feira, às 21h45(de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Ficha Técnica
Botafogo-RJ x Flamengo-RJ

Local:Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data:16 de agosto de 2017 (Quarta-feira)
Horário:21h45(de Brasília)
Árbitro:Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes:Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

BOTAFOGO:Gatito Fernández, Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico:Jair Ventura
FLAMENGO:Alex Muralha, Pará, Rever, Juan e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego e Everton; Orlando Berrío e Felipe Vizeu
Técnico:Reinaldo Rueda

Da Gazeta Esportiva